Katie Ledecky faz vídeo em apoio para os Jogos de Los Angeles-2024



A candidatura da cidade de Los Angeles para a Olimpíada de 20204 ganhou um apoio de peso nesta terça-feira. A nadadora americana Katie Ledecky, dona de nada menos do que cinco medalhas nos Jogos Rio-2016 (quatro de ouro e uma de prata) gravou um breve depoimento para o canal oficial da candidatura no YouTube, onde fala da emoção que seria poder competir uma Olimpíada em casa. Confira abaixo:

A adolescente de 19 anos, natural de Washington e uma das estrelas da natação mundial, fala que a possibilidade “de competir em casa lhe dá arrepios” e diz que poder ver os Jogos ao vivo “pode inspirar garotas e garotas a sonhar e trabalhar duro rumo para buscar seus objetivos”.

VEJA TAMBÉM:

>>> O fator Donald Trump na definição dos Jogos de 2024 
>>> Budapeste divulga arenas para 2024 
>>> Paris 2024: será que desta vez ela leva?  
>>> O “não” de Roma e o dilema do COI

Mas Katie não é a primeira nadadora do alto escalão mundial a mostrar seu apoio para a candidatura de Los Angeles. Em março deste ano, uma comissão de “notáveis”, com ex-astros olímpicos como Carl Lewis, Andre Agassi, Michael Johnson, Nadia Comaneci e Greg Louganis, entre outros, saiu em defesa da cidade. E dois nadadores estão neste grupo: ninguém menos do que o astro Michael Phelps, maior medalhista olímpico da história dos Jogos (28, sendo 23 de ouro) e o brasileiro Thiago Pereira, que treina em Los Angeles, onde já viveu por cinco anos.

Outro importante “apoio”, embora esse já fosse esperado, veio no começo deste mês, quando o presidente eleito Donald Trump, conversou com Thomas Bach, manda-chuva do COI (Comitê Olímpico Internacional). Trump expressou “forte apoio” à candidatura de Los Angeles e que a reunião foi organizada pelo prefeito da cidade, Eric Garcetti, ressaltando que o diálogo entre eles foi “produtivo”.



MaisRecentes

Glória do Pan de 1987 tem que ser exaltada por muitos anos



Continue Lendo

Isaquias Queiroz vai aumentar sua coleção de medalhas no Mundial de canoagem?



Continue Lendo

Brasil estreia em mundiais de badminton e wrestling nesta segunda



Continue Lendo