Janeth chega à seleção para apagar o incêndio entre Paulo Bassul e Iziane



Na última coluna Diário Esportivo, eu havia comentado que Hortência teria que mostrar a mesma habilidade que exibia nos tempos em que brilhava na seleção brasileiras para conseguir a paz entre o técnico Paulo Bassul e a ala Iziane, estremecidos desde o lamentável episódio do Pré-Olímpico de Madri, no ano passado, quando ela se recusou a entrar em quadra num jogo contra a Bielorússia.

Eis então que a “Rainha”, como Hortência era chamada, acerta em cheio ao indicar a ex-ala Janeth Aracain para o cargo de auxiliar de Bassul na seleção.

Mais do que a falta de experiência prática na função de auxiliar-técnica, janeth chega com respaldo moral de ter sido a principal estrela da seleção após a aposentadoria de Paula e da própria Hortência. Foi com Janeth em quadra que o Brasil teve seu último grande momento internacional, na conquista da medalha de bronze nos Jogos Olímpicos dwe Sydney, em 2000.

Mas talvez a principal função de Janeth seja servir como “bombeira” nesta crise entre Bassul e Iziane. A geniosa jogadora já declarou que não deseja trabalhar mais com o treiandor. Já a seleção, após o fiasco exibido nas Olimpíadas de Pequim-08, mostrou que não pode abrir mão de um talento como o de Iziane. Com todas estas caretas postas à mesa, fica claro que Janeth terá um papel fundamental como auxiliar de Paulo Bassul.

Foto: Janeth, Bassul e Hortência; Crédito: Divulgação/CBB



  • Duas figuras q eu gosto muito… a competencia delas na época da quadra (dentro) é inquestionável… Hortencia até entrou para o Hall of Fame, e Janeth mais cedo, mais tarde tb irá fazer parte desse grupo… especialmente depois de seus anos vitoriosos na WNBA…
    Mas agora, te-las como dirigente e técnicas (do seub 15 e assistente do principal) requer um pouco de paciencia e observação. Nem todo o cracaço (como ambas foram) é sinonimo de sucesso nas ‘cercanias’ do esporte… Exemplos? Maradona e Schumi tão ai…
    Mas a esperança de quem gosta mesmo do basquete é grande pra q ambas deem certo nas novas funções… e de chuá!

MaisRecentes

Ao tentar inovar, Fiba cria uma grande confusão no basquete mundial



Continue Lendo

Comissão de Atletas precisar ir além das cartas para buscar seu espaço no COB



Continue Lendo

Do que têm tanto medo os cartolas olímpicos brasileiros?



Continue Lendo