Isto é incrível!



A edição de hoje do Globo Esporte, da TV Globo, acaba de dar uma nota que chega a surpreender.

Depois de anos em lua-de-mel com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB), passando bem longe de assuntos polêmicos e desagradáveis à entidade, a emissora noticiou nesta sexta-feira (3/10) a reeleição de Carlos Arthur Nuzman com um tom claramente negativo, ressaltando especialmente a posição da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), contrária ao novo mandato de Nuzman. Lembrou também que nenhum dirigente da CBF compareceu à assembléia do COB.

Será que isso não é um reflexo pelo fato de a Globo ter perdido os direitos de transmissão dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara (2011), e os Jogos Olímpicos de Londres (2012), para a Record?



  • O Nuzman pode se preparar para chumbo grosso. E que reze para que a Globo retome os direitos para 2016.

MaisRecentes

Liberação da Fiba é o mais novo título mundial do basquete brasileiro



Continue Lendo

Herói olímpico dos EUA desafia escândalo sexual no Mundial de taekwondo



Continue Lendo

Com medalhista olímpico, Brasil estreia sábado no Mundial de taekwondo



Continue Lendo