Isto é incrível!



A edição de hoje do Globo Esporte, da TV Globo, acaba de dar uma nota que chega a surpreender.

Depois de anos em lua-de-mel com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB), passando bem longe de assuntos polêmicos e desagradáveis à entidade, a emissora noticiou nesta sexta-feira (3/10) a reeleição de Carlos Arthur Nuzman com um tom claramente negativo, ressaltando especialmente a posição da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), contrária ao novo mandato de Nuzman. Lembrou também que nenhum dirigente da CBF compareceu à assembléia do COB.

Será que isso não é um reflexo pelo fato de a Globo ter perdido os direitos de transmissão dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara (2011), e os Jogos Olímpicos de Londres (2012), para a Record?



  • O Nuzman pode se preparar para chumbo grosso. E que reze para que a Globo retome os direitos para 2016.

MaisRecentes

Marcel como vice-presidente do COB seria uma ótima notícia



Continue Lendo

Esportes de PyeongChang-2018:
esqui cross country



Continue Lendo

Ressaca olímpica sem fim: maior equipe de atletismo do Brasil vai acabar este ano



Continue Lendo