Heróis de PyeongChang #4: Lindsey Vonn



A americana Lindsey Vonn segura as lágrimas na cerimônia das medalhas da prova do esqui alpino da Olimpíada de PyeongChang (Crédito: AFP PHOTO/ JAVIER SORIANO)

O choro tem sido companhia constante da americana Lindsey Vonn na Olimpíada de Inverno de PyeongChang. Uma das maiores atletas da história do esqui alpino nos Estados Unidos e com duas medalhas olímpicas (uma de ouro e outra de bronze) no currículo, Lindsey sabe que aos 33 anos vive na Coreia do Sul sua última chance de voltar a brilhar em Jogos Olímpicos, na reta final de sua carreira.

O “mar de lágrimas” pode ser explicado pela trágica sequência de contusões sofridas em várias competições, no joelho e tornozelo, desde 2013. As lesões a deixaram de fora da última edição dos Jogos de Inverno, em Sochi-2014. E foi trabalhando muito duro, horas e horas de fisioterapia, que ela conseguiu chegar a PyeongChang. Mas longe de exibir sua melhor forma.

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog Laguna Olímpico no Facebook
+ O blog também está no Instagram. Clique e siga 

Em sua primeira prova na Olimpíada, o super G, um erro acabou atrapalhando seu desempenho e ela ficou apenas em sexto lugar. Nesta terça-feira, na prova do downhill (a mesma na qual faturou o ouro em Vancouver-2010), ela não superou a italiana Sofia Goggia e a norueguesa Ragnhild Mowinckel e teve que se contentar com a medalha de bronze. Para ela, contudo, uma medalha que teve um valor inestimável.

“Se você considerar por tudo o que passei nos últimos oito anos, o que eu enfrentei para chegar até aqui, esta medalha é um sonho que se tornou realidade. Claro que eu queria o ouro, mas estou muito orgulhosa com o que alcancei. O triste é saber que esta foi minha última prova olímpica no downhill”.

Quem é ela

Nome: Lindsey Vonn
Idade: 33 anos (18/10/1984)

Principais conquistas

Em Olimpíadas: ouro no esqui alpino downhill e bronze no super G (Vancouver-2010)

Em Mundiais: campeã do downhill e do super G em 2009; vice-campeã do downhill em 2007 e 2011; vice-campeã do super G em 2007

Campeã geral da Copa do Mundo nas temporadas 2007/08 a 2009/10 e 2011/12

VEJA TAMBÉM:

Heróis de PyeongChang #1: Ireen Wust 
Heróis de PyeongChang #2: dupla do Canadá do curling 
Heróis de PyeongChang #3: o ‘Homem de Ferro’ sul-coreano



MaisRecentes

Prêmio Sou do Esporte 2018 terá homenagem a Maria Esther Bueno



Continue Lendo