Grécia quer repetir no Mundial da Turquia a campanha de 2006



Vice-campeã de 2006, quando foi derrotada na decisão pela Espanha, a Grécia chega ao Mundial da Turquia, quatro anos depois, com um objetivo definido: repetir a campanha de quatro anos atrás e terminar a competição com uma medalha.

“Nossa meta é terminar entre os quatro primeiros colocados e conquistar uma medalha. Sabemos das dificuldades e precisamos olhar um jogo de cada vez. Mas não devemos ter medo de dizer a verdade: nossos objetivos são grandiosos”, afirmou o armador Vassilis Spanoulis, de 27 anos, integrante da equipe vice-campeã mundial no Japão.

Com um elenco muito parecido com aquele que brilhou em 2006, a Grécia tem condições reais de voltara a ganhar uma medalha, na opinião de Spanoulis. “Nos conhecemos muito bem, sabemos o que queremos, sabemos que a filosofia do treinador”, disse ele. “Desta forma, tudo fica mais fácil.”, garantiu o jogador do Panathinaikos e que atuou na NBA no Houston Rockets, na temporada 2006/07.

No Mundial da Turquia, a Grécia integra o Grupo C, com sede na cidade de Ankara, onde jogará contra China (adversário de estreia no dia 28/08), Costa do Marfim, Turquia, Rússia e Porto Rico.



MaisRecentes

Do que têm tanto medo os cartolas olímpicos brasileiros?



Continue Lendo

Georgia Dome é demolido e uma parte da história olímpica vai embora com ele



Continue Lendo

Esportes de PyeongChang-2018: combinado nórdico



Continue Lendo