Grande notícia: salvaram o GP Brasil de atletismo!



A Arena Caixa receberá o Grande Prêmio Brasil de atletismo

A Arena Caixa, em São Bernardo do Campo (SP), receberá o Grande Prêmio Brasil de atletismo

Em maio, uma notícia abalou as estruturas do esporte brasileiro: a CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo) informava que não poderia organizar o Grande Prêmio Brasil de atletismo em Belém, por opção do governo do Pará, que enviou uma carta à entidade, abrindo mão de organizar a edição 2015 do evento, por falta de verba. A competição está prevista para acontecer no próximo domingo, dia 21 de junho. Um verdadeiro tiro no pé do país que vai organizar as Olimpíadas no ano que vem, a primeira edição dos Jogos na América do Sul. Além disso, seria um gol contra a tradição da modalidade, pois desde 1985 o Grande Prêmio Brasil é realizado aqui.

Eis que nesta terça-feira a CBAt anunciou que o evento irá sim acontecer. Principal meeting latino-americano de atletismo, o GP do Brasil será realizado em 13 de setembro, na Arena Caixa, em São Bernardo do Campo. A competição, criada em 1985, desde 1990 corresponde à etapa brasileira do IAAF World Challenge. Pela primeira vez o Meeting será disputado no ABC paulista. De 1985 a 2014 o evento aconteceu em São Paulo, Rio de Janeiro e Belém.

>>> Veja ainda: Confira os eleitos do atletismo no Pan de Toronto 2015

A proposta de local e data foi feita à Iaaf (Associação das Federações Internacionais de Atletismo), que aprovou a mudança. Já foi definido também o programa de provas do evento:

Masculino: 200 m; 400 m; 1.500 m; 110 m com barreiras; 400 m com barreiras; salto em altura; salto em distância, arremesso do peso; lançamento do martelo.
Feminino: 100 m; 400 m; 800 m; 3.000 m; 400 m com barreiras; salto com vara; salto triplo; lançamento do disco.

Bola dentro da CBAt a manutenção do Grande Prêmio Brasil de atletismo.



MaisRecentes

Sonho de Budapeste para os Jogos de 2024 pode terminar nesta quarta-feira



Continue Lendo

Falta patrocínio no esporte brasileiro? O rúgbi não tem do que reclamar



Continue Lendo

Oscar Schmidt no All-Star da NBA alivia a depressão do basquete brasileiro



Continue Lendo