Fukushima na rota do marketing da Olimpíada Tóquio-2020



Visão do J-Village, centro nacional de treinamento de futebol, em Fukushima. Será aí a largada do revezamento da tocha de Tóquio-2020 (Crédito: Divulgação)

Considerada símbolo de uma das maiores tragédias do Japão, a cidade de Fukushima é uma espécie de “bola de segurança” para o marketing positivo da Olimpíada de Tóquio-2020. Uma das mais castigadas pelo terremoto seguido do tsunami que atingiu o país em 2011, a cidade japonesa será alvo de duas ações de divulgação dos Jogos nos próximos meses.

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog Laguna Olímpico no Facebook
+ O blog também está no Instagram. Clique e siga 

Fukushima já havia sido anunciada em julho do ano passado como ponto de partida para o revezamento da tocha. Um dos símbolos mais importantes da Olimpíada, a chama olímpica começará a percorrer o território japonês justamente a partir da cidade que ficou praticamente destruída com o tsunami e depois sofreu com a explosão de uma usina nuclear.

A tragédia de 2011 deixou 18.446 mortos e desaparecidos em 12 distritos. Além disso, 123 mil pessoas perderam suas casas.

Nesta terça-feira (5), o jornal “The Japan Times” trouxe a informação segundo a qual o revezamento largará do centro nacional de treinamento de futebol chamado J-Village. O local foi bastante danificado com as consequências do tsunami e durante um bom tempo, abrigou os trabalhadores que estavam envolvidos na limpeza da usina de Fukushima, localizada a 20 quilômetros dali.

O centro de treinamento, que foi inaugurado em 1997, foi reaberto parcialmente em julho de 2018 e tem sua reabertura oficial marcada para 20 de abril.

O revezamento da tocha começará em 26 de março, em Fukushima, devendo durar 121 dias e passando por todas as 47 regiões administrativas do Japão.

Pictogramas olímpicos

A marca de 500 dias para a Olimpíada de Tóquio terá o lançamento dos pictogramas da Olimpíada (Crédito: Tóquio-2020)

A cidade de Fukushima também entrou no roteiro das ações de marketing para comemoração dos 500 dias para a Olimpíada de Tóquio.

A data será festejada no próximo dia 12, ocasião em que serão revelados também os pictogramas olímpicos.

Os pictogramas são os símbolos que cada cidade-sede utiliza para identificar as modalidades esportivas em disputa, bem como serviços e instalações.

Além do lançamento dos pictogramas, o comitê organizador promoverá a “Caravana 500 dias para Tóquio-2020”. Será uma viagem promocional, via ônibus, por três cidades da região de Tohoku, bastante castigadas pelo tsunami. Entre elas está justamente Fukushima, que será a primeira parada da caravana. As outras cidades são Miyagi e Iwate.

Fukushima será uma das sedes sede do torneio de beisebol na Olimpíada-2020.

 

VEJA TAMBÉM:

Tóquio-2020 confirma Fukushima como uma das sedes do beisebol 
Tóquio-2020 não respeita a memória das vítimas de Fukushima 
Tóquio-2020 colocará ingressos internacionais à venda em junho 
COI define equipes unificadas da Coreia para Tóquio-2020 
Escândalo de compra de votos traz estrago irreparável para Tóquio-2020