Este é o organizado vôlei brasileiro?



Comentário do blog: se isso aí ocorresse no basquete, caia até o presidente da CBB…

Do UOL – 29/9/2010


Primeiro treino do Brasil em Ancona tem repórter em quadra e tietagem de zebra


Roberta Nomura
Em Ancona (Itália)


Após um dia sem trabalho com bola, a seleção brasileira masculina foi fazer o reconhecimento do ginásio Palarossini, em Ancona, nesta quarta-feira. O primeiro treino na nova casa do Brasil no Campeonato Mundial teve a participação de repórter de TV para suprir a ausência de Marlon e tietagem da zebra Camarões.


Marlon ainda se recupera de problemas de saúde. O levantador está com suspeita de Doença de Crohn (inflamação crônica no intestino) e o resultado da biópsia realizada deve sair até esta quinta-feira. Mesmo se tiver uma recuperação clínica, o jogador deve perder toda a segunda fase porque ainda está debilitado e de 4 a 5 kg mais magro.


Em Verona, a comissão técnica convidou Maurizio Latelli, do time local, para render Marlon em um treino. O jogador italiano se revezou em quadra com o brasileiro. Ao ter a confirmação da ausência de Marlon, Bernardinho descartou improvisar e disse que esperava contar sempre com atletas emprestados.


Nesta quarta-feira, o repórter do canal Sportv Alexandre Oliveira foi o escolhido por Bernardinho. O ex-levantador utilizou o uniforme do médico da seleção Álvaro Chamecki para participar da atividade. O jornalista atuou como jogador profissional de 1990 a 2005 e chegou a ser campeão da Superliga pela Unisul na temporada 2003/2004, quando era reserva de Marcelinho. Na ocasião, Bruninho era o terceiro levantador.


“Em qualquer bola eles falavam, elogiavam. Mas eu acertei algumas boas e eles viravam e diziam: ‘muito bom’. Os caras foram superligais. Foi inesquecível. Quando você começa a carreira profissional tem a intenção de chegar à seleção, mas falta alguma coisa. E quando você para de jogar, está do outro lado para contar histórias, recebe um convite assim. Foi muito bom poder ajudar. Pena que foi tão rápido”, disse Alexandre Oliveira.