Comitê paralímpico ganha novo patrocinador para Tóquio-2020



Visão geral do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo (Crédito: Divulgação)

Perto de chegar na marca de 500 dias para a abertura da Paralimpíada de Tóquio-2020, que será no próximo dia 13, o CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro) recebeu um reforço na preparação para a competição. A Semp TCL será a nova patrocinadora da entidade, assinando um contrato que irá até o final de 2020.

Este será o quarto apoiador do CPB. A entidade já conta com os patrocínios da Loterias Caixa, Toyota e Braskem (apenas para o atletismo).

No calendário do esporte paralímpico brasileiro, porém, antes de Tóquio-2020 haverá a participação nos Jogos ParaPan-Americanos, que serão realizados em Lima (Peru), de 23 de agosto a 1º de setembro.

A Paralimpíada de Tóquio vai acontecer entre 25 de agosto e 6 de setembro de 2020.

No esporte paralímpico, o Brasil pode ser considerado como uma das grandes potências. Na Rio-2016, o país terminou em oitavo lugar  na classificação final, com 72 medalhas.

“É com muita alegria que anunciamos o apoio com a SEMP TCL, uma empresa líder de mercado e de valores sólidos, que se aproximam do Comitê Paralímpico Brasileiro. Temos muito orgulho de selar este vínculo, que certamente nos ajudará a conquistar muitas medalhas”, afirmou Mizael Conrado, presidente do CPB.

A SEMP TCL já mantinha uma ligação com o esporte ao patrocinar a seleção brasileira de futebol e da Copa América 2019. Também dá apoio a vários atletas de surfe, modalidade que estará em Tóquio-2020, como Gabriel Medina, Tatiana Weston Webb, Ryan Kainalo e Sophia Medina.

VEJA TAMBÉM:

A tocha paralímpica de Tóquio-2020 é revelada. Veja detalhes 
Conheça o programa esportivo paralímpico de Paris-2024 
Veja os esportes do Pan de Lima que dão vagas para Tóquio-2020
+ Com a eleição de Andrew Parsons, Brasil passa a ter dois membros no COI 
Conheça os games que serão lançados para os Jogos de Tóquio-2020



MaisRecentes

Brasil cumpre meta e torce por ‘sorteio camarada’ no pré-olímpico mundial



Continue Lendo

Derrota na estreia não muda o roteiro do Brasil no Pré-Olímpico de basquete



Continue Lendo

Entenda os caminhos do basquete feminino do Brasil para chegar a Tóquio-2020



Continue Lendo