E Bernardinho continua se explicando…



Eis que recebo um release da assessoria de imprensa da TV Record, para divulgar a reportagem deste sábado do programa Esporte Fantástico, com o técnico Bernardinho, da seleção brasileira masculina de vôlei.



Bernardinho orienta a seleção, durante o Mundial da Itália/Crédito: Divulgação



Esporte Fantástico exibe entrevista
exclusiva com Bernardinho


Técnico da seleção brasileira masculina de vôlei revela se o Brasil entregou o jogo para a Bulgária, no Campeonato Mundial da modalidade

“Na tarde do próximo sábado, dia 11/12, às 13h, o programa esportivo da Record exibe uma entrevista exclusiva com Bernardinho, um dos principais treinadores brasileiros de todos os tempos.

A apresentadora do Esporte Fantástico, Mylena Ciribelli, foi ao encontro do técnico da seleção brasileira masculina de vôlei para um bate-papo descontraído. Entre o balanço do ano e algumas brincadeiras, Bernardinho também falou sobre uma polêmica derrota. Na primeira fase do Campeonato Mundial, o Brasil enfrentou a Bulgária com um time desfigurado, perdeu o jogo e acabou caindo em um grupo mais fácil na fase seguinte. Os italianos, que recebiam o torneio, ficaram indignados e protestaram dando as costas para a quadra. A seleção brasileira foi duramente criticada por torcedores e jornalistas.

Bernardinho contou sobre todo o episódio. ‘Realmente aconteceu uma votação; a votação era se nós jogaríamos com a força máxima ou não. Eu fui voto vencido’, esclareceu. Ainda assim, ele garante que o time não jogou para perder. ‘Ninguém disse ‘não, nós vamos entregar o jogo’, nada disso! Eu disse: nós vamos jogar com o time desfigurado! Eu desafio qualquer pessoa a provar que eu disse a qualquer jogador ‘entrega o jogo, erra!’ Eu duvido! Eu nunca fiz isso, não aconteceu!’”.
 Sei não…já se vão quase dois meses da conquista do tricampeonato mundial masculino pela seleção brasileira, mesmo período do polêmico jogo contra a Bulgária. E Bernardinho continua se explicando. Até apelou para Houaiss, ao falar em “autofagia”, pela forma com a qual o assunto não se esgota na imprensa brasileira.

O problema é que Bernardinho está mal acostumado em ser bajulado em razão de seu sucesso à frente do vôlei masculino brasileiro. E precisa ficar se explicando, explicando…Ele jamais vai admitir, mas mesmo que não tenha dado a ordem, o Brasil entregou SIM o jogo para a Bulgária.

Assumam logo este troço e parem de ficar batendo na mesma tecla, caramba!



MaisRecentes

Vela do Brasil aposta em estrelas na largada para o ciclo de Tóquio-2020



Continue Lendo

Rudisha vai atrás de novo ouro em Tóquio. Conheça outros tricampeões no atletismo



Continue Lendo

Maldição do mata-mata acaba com sonho do Brasil no Mundial



Continue Lendo