Do blog do José Cruz



Texto retirado do ótimo blog do jornalista José Cruz, mostrando que não será nada fácil a vida da imprensa crítica e que não adere à turma do oba-oba até 2016…

Censura olímpica
Luiz Roberto Magalhães é um repórter muito atento na cobertura em que trabalha.

Ele foi destacado pelo Correio Braziliense para ir à Dinamarca. De lá envia diariamente excelente material. Sem exageros.

Hoje, ele foi à coletiva da delegação brasileira e fez uma pergunta oportuna e inteligente ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Mais ou menos assim:

“Depois de ter sido vaiado na cerimônia de abertura dos Jogos Pan-americanos, em 2007, como o Senhor se sente retornando vitorioso ao Rio de Janeiro, tendo participado ativamente da campanha carioca que levou à conquista da sede olímpica?”

Lula começou a responder e foi, abrupta e indelicadamente, interrompido pelo governador do Rio, Sérgio Cabral, que passou a falar em nome da maior autoridade do país.

O constrangimento de Lula ao ser interrompido foi visível.

Censura
Pior veio depois da coletiva, quando o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, censurou Luiz Roberto, criticando-o severamente, pela pergunta.

O repórter deu uma resposta elementar para quem convive com a liberdade de imprensa:
“Eu simplesmente fiz uma pergunta jornalisticamente correta”.
E complementou:
“Sua esposa (Márcia Peltier), que também é jornalista, sabe bem sobre isso”

Márcia não gostou do comentário e, solidária ao marido, engrossou a censura.

Amostra
Na festa da conquista carioca à sede dos Jogos de 2016 tivemos uma amostra de como a imprensa nacional será tratada daqui para frente.

Ou se faz perguntas dentro do roteiro pré-estabelecido ou seremos censurados em público.

A democracia brasileira que o COB exaltou na argumentação da candidatura do Rio não vale para as relações com a imprensa.



  • Sérgio

    Ué, pelo que eu vejo no texto ele não foi impedido de fazer a pergunta, não é?

    Ele somente criticou a pergunta, é um direito dele.

    Não sou defensor do Nuzman, pelo contrário, não confio nele. Mas nessa vez (baseado no que está escrito no post) ele não fez nada de errado.

    O unico problema nessa situação é o ego de vários jornalistas, que não aceitam criticas…

MaisRecentes

Liberação da Fiba é o mais novo título mundial do basquete brasileiro



Continue Lendo

Herói olímpico dos EUA desafia escândalo sexual no Mundial de taekwondo



Continue Lendo

Com medalhista olímpico, Brasil estreia sábado no Mundial de taekwondo



Continue Lendo