Desempregados, ginastas olímpícos estampam desânimo em relação ao futuro



Nesta sexta-feira, foi sacramentada a saída dos ginastas Diego e Daniele Hypólito e Jade Barbosa do Flamengo. Sem dinheiro para manter o clube, que passa por uma crise financeira sem proporções (em boa parte por culpa exclusiva de seus dirigentes, é bom que se diga), o Rubro-negro decidiu encerrar o apoio aos esportes olímpicos (com exceção do remo e do basquiete), para poder ao menos tentar equilibrar as contas.

O desânimo dos ginastas, integrantes da seleção olímpica brasileira, e mais as desculpas – algumas até razoáveis, como as críticas ao Comitê Olímpico Brasileiro – do presidente flamenguista Márcio Braga, podem ser acompanhados nesta reportagem exibida pelo Sportcenter, da ESPN Brasil, na última sexta-feira.



MaisRecentes

Hipismo ensaia novidades para Tóquio-2020. Até onde irá a revolução olímpica?



Continue Lendo

Saiba porquê o levantamento de peso corre risco de ser cortado das Olimpíadas



Continue Lendo

Ciclistas olímpicos brasileiros participam de festival em São Paulo



Continue Lendo