Crise no esporte olímpico do Flamengo: a salvação e a ingratidão



Como nos contos de fada, tudo terminou bem para equipe de ginástica artística do Flamengo. Depois da entrevista dramática na última sexta-feira, quando o presidente Márcio Braga anunciou o fim do apoio aos ginastas Diego e Danielle Hypólito e Jade Barbosa, por falta de dinheiro no clube, eis que surgiu a inesperada ajuda da prefeitura de Niterói.

Nesta última segunda-feira, a vida dos ginastas Diego e Danielle Hypólito e Jade Barbosa voltou aos trilhos, com o anúncio da parceria com a cidade de Niterói, que irá injetar R$ 80 mil por mês para direcionar a este departamento. Em troca, os três atletas participarão do projeto de ginástica de Niterói, que visa incentivar as crianças a iniciarem a prática do esporte.

A situação só não ficou boa para a vice-presidente de esportes olímpicos, a ex-nadadora Patrícia Amorim, que no final da noite de segunda-feira foi demitida do cargo, poucas horas depois de participar da entrevista coletiva que anunciou a parceria com Niterói. Detalhe: foi através de Patrícia Amorim que a prefeitura de Niterói procurou o Flamengo.

No lugar de Patrícia, assumiu o publicitário João Henrique Areias, um dos responsáveis pela criação da Copa União de futebol de 1987 e que em 1996 ajudou a criar a reformular o Nacional masculino de basquete.

Nada contra Areias, um homem de ideias modernas e que pode mesmo contribuir para o fim da crise nos esportes olímpicos do Flamengo. Mas tudo contra a incrível demissão de Patrícia Amorim, que como se diz no popular, “segurou o rojão” no meio da crise e justamente quando a situação parecia melhorar, foi simplesmente dispensada.

No meu dicionário, isso chama-se ingratidão!

Foto: UOL Esportes



  • Sem dúvida, uma injustiça com a ex-nadadora Patrícia Amorim, que é bom que se diga, continua bem charmosa, né!?Outra coisa: o Areias foi o idealizador da Copa União de 1987? Então, aproveito e pergunto ao amigo: e a taça das bolinhas, hein!? hehehehe

MaisRecentes

Se revogar a suspensão da Rússia, o COI perderá o respeito no combate ao doping



Continue Lendo

As falhas de Isadora Williams não diminuem sua grandeza em PyeongChang



Continue Lendo

Campeã olímpica Rafaela Silva sofre racismo da PM no Rio de Janeiro



Continue Lendo