Surto de coronavirus cancela pré-olímpico de boxe da Ásia e Oceania



O boxe olímpico de Tóquio-2020 é administrado por uma força-tarefa do COI (Crédito: Reprodução)

O surto de coronavirus, doença respiratória que já causou a morte de cerca de 30 pessoas na Ásia, foi responsável pelo cancelamento do primeiro pré-olímpico de boxe para a Olimpíada de Tóquio-2020. Nesta quarta-feira (22), o COI (Comitê Olímpico Internacional) confirmou o cancelamento da competição para a Ásia e Oceania.

O torneio estava marcado para a cidade de Wuhan, na China, onde se acredita ter iniciado a disseminação do coronavirus. A data original do evento seria entre os dias 3 e 14 de fevereiro. A nova data e local do pré-olímpico não foram divulgados.

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog Laguna Olímpico no Facebook
+ O blog também está no Instagram. Clique e siga

O COI tomou às rédeas do boxe olímpico diante da grave crise financeira e de governabilidade da Aiba (Associação Internacional de Boxe), que explodiu no ano passado. Denúncias de corrupção interna e falta de efetividade em combater as denúncias de manipulação de resultados minaram as chances da Aiba, que foi suspensa. A própria modalidade foi ameaçada de ser excluída da Olimpíada pelo próprio Thomas Bach, presidente do COI.

Uma força-tarefa criada pelo Comitê Olímpico Internacional ficou responsável por organizar o torneio olímpico de boxe. E seria justamente o pré-olímpico de Wuhan que marcaria o primeiro evento sob jurisdição desta força-tarefa.

“A Força-Tarefa de boxe do COI tomou conhecimento da decisão de hoje do Comitê Organizador Local de cancelar o evento de qualificação para boxe na Ásia/Oceania em Tóquio-2020, que deveria ocorrer em Wuhan (CHN), de 3 a 14 de fevereiro de 2020, em meio a preocupações crescentes em relação ao surto de coronavírus relatado na cidade”, disse o comunicado emitido pelos dirigentes da força-tarefa.

Assim, o primeiro evento pré-olímpico do boxe será o da África, com sede em Dacar (SEN), entre 20 e 29 de fevereiro.

Futebol também prejudicado

Não foi apenas o boxe que teve seu calendário prejudicado pelo surto de coronavirus. O pré-olímpico feminino de futebol da Ásia, que também aconteceria em Wuhan a partir de 3 de fevereiro, teve apenas sua sede alterada. A terceira fase da competição, que reunirá as seleções da Austrália, China, Tailândia e China Taipei, acontecerá em Nanjing, na mesma data.

VEJA TAMBÉM:

COI anuncia regras de transparência para o boxe em Tóquio 
Confira a tabela do Pré-Olímpico sul-americano masculino de futebol 
COI toma as rédeas do boxe e suspende a Aiba para Tóquio-2020 
Após ameaça, COI avisa a atletas que haverá boxe em Tóquio