Copa América de basquete: seleção brasileira faz campanha surpreendente



Nos últimos anos, quem acompanha o basquete acostumou-se a ver a seguinte manchete: seleção brasileira perde para a Argentina. Às vezes, a tal derrota ainda trazia consigo adjetivos nada agradáveis, como vexame ou surra, por exemplo. Mas pelo que vem mostrando a campanha brasileira na Copa América masculina, que está sendo realizada em San Juan (Porto Rico), estes tempos ficaram para trás.

Desfalcado apenas do pivô Nenê Hilário, que contundido não atendeu à convocação do técnico espanhol Moncho Monsalve, a seleção do Brasil vem fazendo um bonito papel até agora. Na estreia, na quarta-feira, em sua partida mais difícil, despachou a chata equipe da República Dominicana por 81 a 68. Depois, na quinta, superou a Venezuela – que vinha de uma surpreendente vitória sobre a Argentina, por 87 a 67. Até que nesta sexta-feira, não tomou conhecimento dos argentinos e marcou 76 a 67.

Aparentemente, a vaga para o Mundial da Turquia, no ano que vem, está garantida. Agora, se a seleção vai continuar jogando bem, é outra história.



MaisRecentes

Ranking olímpico dá alento ao judô do Brasil após Mundial



Continue Lendo

Brasileiros sonham receber bronze do revezamento de 2008 nos Jogos de Tóquio



Continue Lendo

Brasil define equipe para o Mundial de ginástica artística



Continue Lendo