As contas do Brasil para avançar no Mundial de handebol



Após a dramática vitória sobre a Sérvia nesta segunda-feira (14), a seleção brasileira masculina já sabe o que fazer para seguir adiante no Mundial de handebol, que está acontecendo na Alemanha e Dinamarca. Na realidade, as contas são até bem simples. O Brasil só passará para a segunda fase do Mundial se vencer as próximas duas partidas. A primeira delas nesta terça (15), contra a Rússia, a partir das 12h30 (horário de Brasília).

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog Laguna Olímpico no Facebook

O jogo contra os russos é vital para o Brasil ficar entre os três primeiros do Grupo A do Mundial de handebol, considerado por muitos com o mais difícil do torneio. Como a Rússia conseguiu empatar com a Alemanha nesta segunda (22 a 22), a seleção masculina ficou obrigada a vencer o duelo desta terça, em Berlim.

Se bater os russos e depois superar a equipe unificada da Coreia, o Brasil chegará aos seis pontos. Mesmo que a Rússia consiga uma surpreendente vitória sobre a bicampeã França na última rodada, que tem 100% de aproveitamento até agora na competição, igualaria o número de pontos dos brasileiros, mas levaria desvantagem no confronto direto, o primeiro critério de desempate.

Veja a galeria do Mundial de handebol

Os três primeiros de cada grupo avançam para a segunda fase do Mundial de handebol. Se alcançar o objetivo traçado pelo técnico Washington Nunes, será o melhor resultado do Brasil em Mundiais.

O problema é que o retrospecto contra os russos não ajuda muito os brasileiros.

Os últimos três confrontos diretos entre Brasil e Rússia teve como vencedor a equipe europeia. Foram dois triunfos em Mundiais (2017 e 2013) e em um amistoso (também em 2013).

VEJA TAMBÉM:

Só vitória contra a Sérvia manterá o Brasil vivo no Mundial de handebol 
Uma derrota que traz esperança para o Brasil no Mundial 
Sem TV, YouTube salva fãs de handebol para acompanhar Mundial masculino

O Brasil também não poderá nesta terça-feira permitir-se a errar tanto quanto no jogo contra a Sérvia. Com um ótimo aproveitamento ofensivo no primeiro tempo, os brasileiros conseguiram dominar a partida, chegando a abrir sete gols de vantagem, fechando a etapa inicial em 14 a 11.

O mesmo desempenho não foi repetido na etapa final, quando os sérvios diminuíram a vantagem para um gol a menos de um minuto do final. Mas o Brasil manteve o sangue frio para vencer a primeira no Mundial de handebol.

E nesta terça-feira, como vai ser?



MaisRecentes

Os números que comprovam a força de Ana Marcela Cunha para Tóquio-2020



Continue Lendo

Leila Sobral vai se desfazer de sua medalha olímpica. Mas é por uma boa causa



Continue Lendo

COI define equipes unificadas da Coreia para Tóquio-2020



Continue Lendo