Com Robson Conceição, Brasil tem 394 atletas assegurados nos Jogos Rio 2016



A lambança da Aiba (Associação Internacional de Boxe Amador) na definição de algumas vagas olímpicas no último Campeonato Mundial, realizado em Doha (Catar), acabou tendo um final feliz para o brasileiro Robson Conceição, que nesta terça-feira acabou tendo confirmada sua classificação na categoria leve (60 kg) para os Jogos Olímpicos do Rio 2016.

Robson foi semifinalista no Mundial, tendo ficado com a medalha de bronze, mas por uma confusão nos critérios da Aiba, precisou disputar um confronto classificatório com o outro semifinalista derrotado, o uzbeque Elnur Abduraimov, que acabou vitorioso no confronto e com a vaga olímpica, ao lado do campeão e vice da categoria. Só que a Aiba informou que um dos três classificados (Albert Selimov, do Azerbaijão), ficará com a vaga da Liga Mundial de boxe e, assim, o brasileiro herdará a terceira vaga dos 60 kg.

Com a confirmação de Robson Conceição, já são 394 os atletas brasileiros classificados para o Rio 2016. Muitas destas vagas já têm donos conhecidos, como os que obtiveram os índices estabelecidos pelas federações internacionais, como ocorre no atletismo, maratonas aquáticas, tiro esportivo e vela.

>>> E mais: Nova prévia de medalhas coloca Brasil abaixo da meta para o Rio 2016

Em outras, as vagas foram asseguradas, seja pelo fato de o Brasil ser o país-sede das Olimpíadas, seja pela conquista em eventos classificatórios. Este é o caso da maioria absoluta das modalidades.

A lista completa dos 394 atletas classificados do chamado Time Brasil para os Jogos do Rio 2016 pode ser conferida no site do COB (Comitê Olímpico do Brasil).

O boxe brasileiro ainda tem mais duas oportunidades para aumentar sua equipe nas Olimpíadas. A primeira será o Pré-Olímpico das Américas, entre os dias 8 e 20 de março, em Buenos Aires (Arg), enquanto que a outra será o Campeonato Mundial feminino, que ocorrerá de 19 a 27 de maio, na cidade de Sofia (Bul).



MaisRecentes

O incômodo silêncio dos atletas brasileiros



Continue Lendo

Hipismo ensaia novidades para Tóquio-2020. Até onde irá a revolução olímpica?



Continue Lendo

Saiba porquê o levantamento de peso corre risco de ser cortado das Olimpíadas



Continue Lendo