Com possível rival de Anderson Silva, taekwondo estreia nesta terça no Mundial da Rússia



Possível rival de Anderson Silva na seletiva olímpica, Guilherme Félix luta sábado no Mundial de Taekwondo

Possível rival de Anderson Silva na seletiva olímpica, Guilherme Félix luta sábado no Mundial de Taekwondo

O Brasil inicia nesta terça-feira sua participação no Campeonato Mundial de taekwondo. na cidade de Chelyabinsk, na Rússia. A competição, que vai até a próxima segunda-feira (18), será fundamental para a soma de pontos nos rankings mundial e olímpico, que são critérios de classificação para as Olimpíadas do Rio 2016. A equipe brasileira está representada por um total de 16 atletas.

Colocada no olho do furacão em razão do pedido (plenamente aceito) de Anderson Silva, ex-campeão do UFC e suspenso preventivamente por um duplo caso de doping, para disputar a seletiva olímpica, a CBTKD (Confederação Brasileira de Taekwondo) tem entre seus convocados aquele que pode ser o futuro rival do “Spider” na definição da seleção nacional. Na categoria acima de 87 kg, Guilherme Félix lutará no sábado (16) e seu combate de estreia será contra Diabete Toumani, de Mali. Félix manifestou-se publicamente contra a intenção de Anderson Silva em disputar a seletiva. Ele é o melhor brasileiro classificado no ranking olímpico da WTF (Federação Mundial de Taekwondo), ocupando a 20ª colocação na lista anunciada em maio. “Se tiver que enfrentá-lo, com certeza apostaria na minha vitória”, disse Félix ao iG Esporte, em reportagem publicada no último dia 23 de abril.

O Mundial de taekwondo apresenta algumas diferenças em relação ao torneio olímpico da modalidade, especialmente em relação às categorias de peso. Guilhrme Félix, por exemplo, que busca uma vaga no Rio 2016 na categoria + 80 kg, irá competir na Rússia na categoria + 87 kg. As demais classes olímpicas do taekwondo são até 58 kg, até 68 kg, até 80 kg e acima de 80 kg (masculino); até 49 kg, até 57 kg, até 67 kg e acima de 67 kg (feminino). O Brasil, por ser o país-sede dos Jogos Olímpicos, terá direito a duas vagas asseguradas antecipadamente e uma delas é na categoria pesado (+ 80 kg) masculino.

Confira abaixo as datas e os adversários de estreia dos brasileiros em Chelyabinsk:

12/5 – Terça-feira

Até 46 kg- feminino
Iris Sing x venc, de Accacia Aggarwall (QUE) x Claudia Lipcsei (HUN)

Até 58 kg – masculino
Leonardo Moraes x Machario Patti (HOL)

13/5 – Quarta-feira

Até 49 kg – feminino
Talisca Reis x Ana Petrusic (ESL)

Até 74 kg – masculino
Henrique Precioso x venc, Gianluca Barbara (MAL) x Rostand Kiki (BEN)

14/5 – Quinta-feira

Até 67 kg – feminino
Paloma Lima x Alexis Arnoldt (ARG)

Até 68 kg – masculino
Gustavo Almeida x Dong Yun (COR)

15/5 – Sexta-feira

Até 53 kg – feminino
Alessandra Trevisan x Yamicel Nuñez (CUB)

Até 73 kg – feminino
Hellorayne Paiva x Dong Hua (CHN)

Até 54 kg – masculino
Venilton Teixeira x Aadil Al Wahaibi (OMA)

16/5 – Sábado

Até 73 kg – feminino
Raphaella Galacho x Hye-ri Oh (COR)

Até 87 kg – masculino
John Lee Silva x Apostolos Telikostoglou (GRE)

Acima de 87 kg – masculino
Guilherme Félix x Diabate Toumani (MAL)

17/5 – Domingo

Até 57 kg – feminino
Josiane Lima x venc. Emely Cartagena (PUR) x Da-yeong Kim (COR)

Até 63 kg – masculino
Davilani Cruz x Abolfazl Yaghoubi Jouybar (IRA)

18/5 – Segunda-feira

Até 62 kg – feminino
Julia Vasconcelos x venc. Caroline Person (SUE) x Kyra Potter (EUA)

Até 80 kg – masculino
André Bilia x Maksat Abdrambrek (CAZ)



MaisRecentes

Pole dance, poker e pebolim (ou totó): mais novidades no programa olímpico?



Continue Lendo

Robert Scheidt desiste de Tóquio-2020 por família e falta de resultados



Continue Lendo