Com musa, natação da Itália fará aclimatação em Santos para o Rio 2016



Federica Pellegrini deve integrar a delegação da Itália que fará sua preparação em Santos para as Olimpíadas. Crédito: Divulgação

Federica Pellegrini deve integrar a equipe da Itália que fará sua preparação em Santos para o Rio 2016. Crédito: Divulgação

A cidade de Santos entrou na rota dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, no ano que vem, Nesta semana, a prefeitura da cidade do litoral paulista confirmou que fechou um acordo com a equipe de natação da Itália para um período de aclimatação e treinamento, entre os dias 20 de julho e 5 de agosto, data me que ocorrerá a cerimônia de abertura da competição.

Com uma delegação composta por 55 pessoas, entre eles 35 atletas (31 da natação e quatro da maratona aquática), a delegação italiana fará seus treinamentos na piscina da Unisanta. E muito provavelmente, entre os nadadores presentes estará a musa Federica Pellegrini, de 26 anos, campeã olímpica das Olimpíadas de Pequim 2008 e prata em Atenas 2004, sempre nos 200 m livre. No último Mundial de piscina longa, realizado em Barcelona, em 2013, ela ficou com a prata nesta mesma prova.

Outros prováveis destaques da delegação italiana que fará aclimatação em Santos são Gregorio Paltrinieri, ouro nos 1.500 m do Mundial de piscina curta em Doha (Catar), no ano passado, e Marco Orsi, prata nos 50 m livre na mesma competição, tendo superado inclusive o brasileiro Cesar Cielo.

O diretor técnico da federação italiana de natação, Stefano Rubaudo, estudou nos últimos quatro meses várias opções de cidades brasileiras para fazer esta última fase de preparação, até escolher Santos. “É a cidade que melhor pode atender às exigências de qualquer país. O clima é como o do Rio e fica muito próxima do aeroporto. A Unisanta oferece uma piscina com grande estrutura para os treinos”, disse o dirigente, ao site oficial da prefeitura de Santos.



MaisRecentes

O incômodo silêncio dos atletas brasileiros



Continue Lendo

Hipismo ensaia novidades para Tóquio-2020. Até onde irá a revolução olímpica?



Continue Lendo

Saiba porquê o levantamento de peso corre risco de ser cortado das Olimpíadas



Continue Lendo