Com a desistência de Chakmati, só restam dois candidatos à presidência da CBB



A eleição para a presidência da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), marcada para o próximo dia 4 de maio, não contará mais com a presença de Antonio Chakmati, presidente da Federação Paulista. Nesta segunda-feira, alegando motivos de saúde, ele divulgou um comunicado anunciado a retirada da candidatura.

Agora, restam na disputa o atual presidente da entidade, Gerasime Boziks, o Grego, que busca mais uma reeleição, e Carlos Nunes, presidente da Federação Gaúcha, que durante anos esteve ao lado de Grego em sua gestão.

Abaixo, a íntegra do comunicado de Chakmati:

Comunico oficialmente que estou ratificando decisão adotada, após alta hospitalar de internação a que foi submetido, de RETIRAR MINHA CANDIDATURA ÀS ELEIÇÕES DA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE BASKETBALL (CBB).

Estou encaminhando à CBB, nesta data, expediente formalizando a retirada da minha candidatura, motivada exclusivamente por razões de saúde e aconselhamento médico.

Rendo minhas homenagens e gratidão aos companheiros, colaboradores, apoiadores e aos senhores presidentes de federações que me honraram com apoio e solidariedade incomuns.

São Paulo, 13 de Abril de 2.009.

Antonio Chakmati



MaisRecentes

Sonho de Budapeste para os Jogos de 2024 pode terminar nesta quarta-feira



Continue Lendo

Falta patrocínio no esporte brasileiro? O rúgbi não tem do que reclamar



Continue Lendo

Oscar Schmidt no All-Star da NBA alivia a depressão do basquete brasileiro



Continue Lendo