COB “orienta” atletas para evitar manifestações políticas no Pan de Toronto



Toronto_2015 _divulgaçãoMenos de uma semana após o vídeo postado pela nadadora Joanna Maranhão em sua página no Facebook, criticando a aprovação da redução da maioridade penal no Congresso Nacional, o COB (Comitê Olímpico do Brasil) deixou claro que não irá tolerar ações semelhantes durante a realização dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, cuja abertura oficial ocorrerá na próxima sexta-feira.

Em entrevista ao portal Terra, Marcus Vinicius Freire, superintendente executivo do COB, disse que os atletas serão orientadas a não fazerm manifestações políticas. “Enquanto o atleta não está sob nosso controle, não temos domínio nenhum, cada um pode se posicionar como quiser, como aconteceu esta semana [referindo-se ao caso de  Joanna Maranhão]. Quando chega aqui sim, a gente dá uma orientada, mostra que quando está aqui dentro é um embaixador do Time Brasil, e que é melhor ele guardar sua posição para si”, disse o dirigente.

>>> Confira: Joanna Maranhão critica redução da maioridade penal em vídeo no Facebook

Na semana passada, Joanna mostrou-se indignada com a votação favorável à PEC que reduz em algumas situações a maioridade de 18 para 16 anos no Brasil. “Não vou estar representando [em Toronto] estas pessoas que batem palmas para Feliciano, Malafaia, Eduardo Cunha, Bolsonaro, não são vocês que eu estou representando. A torcida de vocês eu não faço questão nenhuma de ter”, afirmou a nadadora brasileira em seu vídeo.

A declaração do segundo homem mais importante do COB não chega a ser uma surpresa. Mas nem se pode dizer que se trata de uma exclusividade da entidade que comanda o esporte olímpico brasileiro. A tal “orientação”, que na verdade é uma tentativa de censura da liberdade de expressão, é algo comum em praticamente todas as entidades esportivas do mundo inteiro. Nas Olimpíadas de Inverno de Sochi, no ano passado, por exemplo, o COI vetou manifestações contrárias à política da Rússia contra os direitos do movimento LGBT.

Para os cartolas, atleta bom é atleta que não se posiciona politicamente, que fica preocupado apenas em disputar suas modalidades. Será que um dia isso vai mudar?



MaisRecentes

Comissão de Atletas precisar ir além das cartas para buscar seu espaço no COB



Continue Lendo

Do que têm tanto medo os cartolas olímpicos brasileiros?



Continue Lendo

Georgia Dome é demolido e uma parte da história olímpica vai embora com ele



Continue Lendo