Bolt conhece pista de atletismo do Pan de Lima e recebe homenagem



O astro jamaicano Usain Bolt posa para os jornalistas em sua visita ao Estádio de Atletismo (Crédito: Lima 2019)

O Estádio de atletismo do Pan-Americano de Lima-2019 recebeu uma visita ilustre nesta quarta-feira (3), três dias antes de ser entregue oficialmente pelo comitê organizador dos Jogos. O astro jamaicano Usain Bolt, tricampeão olímpico dos 100 m rasos, visitou a nova pista do Complexo de Videna e também foi homenageado pelos peruanos.

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog Laguna Olímpico no Facebook
+ O blog também está no Instagram. Clique e siga

Após abandonar as pistas no Mundial de atletismo de 2017, em Londres, Usain Bolt ainda tentou se arriscar em uma carreira de jogador de futebol, em um clube da Austrália, sem sucesso. Mas não deixou também de fazer aparições em ações publicitárias ao redor do mundo.

Foi por um de seus patrocinadores que ele acertou uma vista a Lima, onde chegou na terça (2). A capital peruana, que receberá o Pan-Americano a partir de 26 de julho, assistiu a  mais um show de carisma do jamaicano.

Bolt conheceu as dependências do Estádio de atletismo do Complexo de Videna, uma das regiões que concentraram as arenas do Pan. Lá recebeu homenagens dos dirigentes, deixou as mãos marcadas em uma placa de gesso que ficará exposta no local e até arriscou simular uma corrida com a mascote do Pan-2019, Milico.

Veja imagens da vista de Usain Bolt ao Estádio de atletismo de Videna:

 

“Estou muito feliz por conhecer este estádio. A Jamaica não tem uma pista desta qualidade para seus atletas treinarem. Será muito importante para as futuras gerações do atletismo deste país”, disse Bolt. Obviamente que ele não deixou o local sem fazer o famoso gesto imitando um raio, que tornou-se sua marca registrada.

Atleta mais carismático do esporte olímpico mundial neste século, Usain Bolt escreveu seu nome na história do atletismo ao conquistar oito medalhas de ouro. Foi tricampeão olímpico consecutivo dos 100 m, ao vencer em Pequim-2008, Londres-2012 e Rio-2016. Também faturou três ouros nas mesmas edições na prova dos 200 m. Por fim, integrou o revezamento da Jamaica do 4 x 100 m, que foi campeão olímpico em Londres-2012 e Rio-2016.

Os organizadores do Pan estão tentando acertar uma visita de Bolt durante a disputa dos Jogos de Lima-2019. Seria espetacular.

VEJA TAMBÉM:

Adeus de Bolt, poucos recordes e novas caras: o balanço do Mundial de atletismo 
A última cena (dramática) de Usain Bolt 
Estádio do rúgbi para o Pan de Lima será testado em qualificatório de Tóquio-2020 
A Vila Pan-Americana de Lima 2019 está pronta. Confira as imagens