Bate-boca em treino expõe tensão na seleção masculina de vôlei



As feridas da derrota na fase final da Liga Mundial ainda não foram curadas na seleção masculina de vôlei. De acordo com matéria exibida no Sportv, o clima esquentou no treino desta quinta-feira, entre o técnico Bernardinho e o meio-de-rede Gustavo.

Depois de repreender o levantador e filho Bruninho por causa de um erro numa jogada, Bernardinho (foto) irritou-se com Gustavo, que saiu em defesa do colega. “Eu falei pra ele fazer. Ele tem que fazer o que eu disser para ele fazer. Eu falei com ele, e não contigo”, disparou Bernardinho, diante dos demais jogadores, que ficaram calados. Depois, com o elenco reunido, o técnico deixou o seu recado. “Quem manda aqui sou eu. Por enquanto.”


O pior nem é tanto pela discussão, algo até comum em uma equipe que se prepara para uma competição tão importante como os Jogos Olímpicos. Mas o fato é que a seleção parece não ter se recuperado do baque da derrota na Liga. E ninguém quer admitir que, até mesmo um time vencedor como o de Bernardinho, as crises existem.

“Enquanto estiver acontecendo assim, está bom. Estou feliz. Nosso time é isso aí!”, afirmou o capitão Giba. Pois é, no vôlei não tem crise…

Crédito da foto: Wander Roberto/COB



MaisRecentes

Correria japonesa? Brasil já pensa nas oitavas do Mundial de handebol



Continue Lendo

‘Paredão’ Maik deixa Seleção Brasileira viva no Mundial de handebol



Continue Lendo

Rúgbi do Brasil inicia temporada de olho nos Jogos de Tóquio-2020



Continue Lendo