Basquete brasileiro perde mais uma para a Argentina



De pouco adiantou o Rio de Janeiro conquistar o direito de ser a sede dos Jogos Olímpicos de 2016, pelo menos na opinião da Fiba (Federação Internacional de Basquete). No sábado à noite, a Fiba Américas, responsável pela organização da modalidade no continente, anunciou que Mar del Plata será a sede do Pré-Olímpico das Américas, torneio que qualificará as equipes para as Olimpíadas de Londres, em 2012.

Algumas razões explicam o sucesso dos argentinos e o consequente fracasso dos brasileiros: o maior prestígio da Argentina no cenário internacional (o país foi campeão olímpico em 2004 e medalha de bronze em 2008) e a falta de maior apoio financeiro na proposta brasileira. “Os três países (obs: o Canadá também se candidatou e foi eliminado na primeira votação) vieram preparados para vencer, fizeram apresentações excelentes e estavam prontos para sediar o evento. A Argentina fez uma boa proposta econômica e estou feliz com o resultado”, disse o secretário geral da Fiba Américas, Alberto García.

O resultado final da votação mostra bem a vantagem dos argentinos na disputa: 13 a 3 para os hermanos.
O Brasil não sabe o que é se classificar para o torneio olímpico masculino de basquete desde as Olimpíadas de Atlanta, em 1996.



MaisRecentes

Ginástica brasileira pode mudar de patamar com Marcos Goto



Continue Lendo

Governo rebatiza programa ‘Atleta Pódio”, de olho em Tóquio-2020



Continue Lendo