Basquete brasileiro perde mais uma para a Argentina



De pouco adiantou o Rio de Janeiro conquistar o direito de ser a sede dos Jogos Olímpicos de 2016, pelo menos na opinião da Fiba (Federação Internacional de Basquete). No sábado à noite, a Fiba Américas, responsável pela organização da modalidade no continente, anunciou que Mar del Plata será a sede do Pré-Olímpico das Américas, torneio que qualificará as equipes para as Olimpíadas de Londres, em 2012.

Algumas razões explicam o sucesso dos argentinos e o consequente fracasso dos brasileiros: o maior prestígio da Argentina no cenário internacional (o país foi campeão olímpico em 2004 e medalha de bronze em 2008) e a falta de maior apoio financeiro na proposta brasileira. “Os três países (obs: o Canadá também se candidatou e foi eliminado na primeira votação) vieram preparados para vencer, fizeram apresentações excelentes e estavam prontos para sediar o evento. A Argentina fez uma boa proposta econômica e estou feliz com o resultado”, disse o secretário geral da Fiba Américas, Alberto García.

O resultado final da votação mostra bem a vantagem dos argentinos na disputa: 13 a 3 para os hermanos.
O Brasil não sabe o que é se classificar para o torneio olímpico masculino de basquete desde as Olimpíadas de Atlanta, em 1996.



MaisRecentes

O calote do Comitê Rio-2016 é uma vergonha que ficará para sempre



Continue Lendo

COI volta a se preocupar com os custos dos Jogos de inverno. Mas os de 2026



Continue Lendo

Pole dance, poker e pebolim (ou totó): mais novidades no programa olímpico?



Continue Lendo