Programação do Pan-2019: Badminton



Pictograma do badminton para os Jogos Pan-Americanos de Lima-2019 (Crédito: Reprodução)

Confira o calendário, com datas e horários, do torneio de badminton do Pan-Americano de Lima-2019. A competição terá início no dia 29 de julho, uma segunda-feira.

Todas as provas no horário de Brasília

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog Laguna Olímpico no Facebook
+ O blog também está no Instagram. Clique e siga

                                                29 de julho (segunda-feira)
11h Fase classificatória Individual – 8 jogos masculino
13h Fase classificatória Individual – 12 jogos feminino
14h Fase classificatória Individual – 16 jogos masculino
17h Fase classificatória Individual – 16 jogos feminino
20h Fase classificatória Duplas  – 16 jogos misto
                                                 30 de julho (terça-feira)
11h Fase classificatória Individual – 8 jogos masculino
12h45 Fase classificatória Individual – 8 jogos feminino
14h30 Fase classificatória Duplas – 8 jogos masculino
16h15 Fase classificatória Duplas – 8 jogos feminino
18h Fase classificatória Duplas – 8 jogos misto
                                                 31 de julho (quarta-feira)
11h Quartas de final Individual, duplas e duplas mistas – 6 jogos masculino/feminino
19h Quartas de final Individual, duplas e duplas mistas – 6 jogos masculino/feminino
                                                1º de agosto (quinta-feira)
11h Semifinal Individual, duplas e duplas mistas – 1 jogo masculino/feminino
19h Semifinal Individual, duplas e duplas mistas – 1 jogo masculino/feminino
2 de agosto (sexta-feira)
12h Final Duplas -2 jogos masculino/feminino
16h Final Individual e duplas mistas – 3 jogos masculino/feminino

 

Confira algumas das arenas do Pan de Lima

VEJA TAMBÉM:

Programação do Pan-2019: Atletismo
A 70 dias de abertura, Pan de Lima encara problemas com skate e basquete
+ Polo aquático do Brasil conhece seus rivais no Pan-Americano



MaisRecentes

Todos os campeões da história do Mundial masculino de basquete



Continue Lendo

Brasil no Mundial de basquete merece elogios e profundas reflexões



Continue Lendo