O dia em que um 5º lugar valeu índice olímpico



Thiago André alcançou o índice olímpico para o Rio 2016 em uma prova na Holanda. Crédito: Divulgação/Contrapé

Thiago André alcançou o índice olímpico para o Rio 2016 em uma prova na Holanda. Crédito: Divulgação/Contrapé

O domingo foi especial para o jovem meio fundista carioca Thiago do Rosário André, de apenas 19 anos. Ao terminar em quinto lugar na prova dos 1.500 m realizada no Meeting de Hengelo, na Holanda, Thiago completou a prova em 3min35s90 e cravou o índice olímpico para os Jogos do Rio 2016. Vale lembrar que a marca alcançada pela brasileiro, atleta do Clube BM&F Bovespa, ainda não assegura a presença dele na delegação olímpica no ano que vem. A prova no Holanda foi vencida pelo queniano Robert Biwott (3min33s64).

Natural de Belfort Roxo (RJ), Thiago André tinha como melhor marca para esta prova o tempo de 3min38s37, obtida no início deste mês de maio. Para marcar presença no Rio 2016, ele precisa ter um dos três melhores tempos da prova. No último Troféu Brasil de atletismo, realizado entre os dias 14 e 17 de maio, Thiago André conquistou a medalha de ouro nas provas dos 800 e 1.500 m e acabou sendo escolhido como o destaque individual da competição.

>>> Leia também: Brasil tem 588 vagas asseguradas no Pan de Toronto. Confira o gráfico

A marca obtida pelo brasileiro em Hengelo também assegurou sua presença no Mundial de Pequim, marcado para ocorrer entre os dias 22 e 30 de agosto, em Pequim. Ele ainda segue na briga por um lugar na delegação que vai ao Pan-Americano de Toronto, que começa no próximo dia 10 de julho, Como tem a melhor marca entre os atletas nos 1.500 m e o prazo para obtenção de índice terminará no próximo dia 31, dificilmente ele deixará de competir no Canadá daqui a pouco mais de 40 dias.



MaisRecentes

Qual sua dupla de mascotes preferida para os Jogos de Tóquio-2020?



Continue Lendo

Eliminação no Mundial precisa servir de aprendizado para o handebol do Brasil



Continue Lendo