As participações do Brasil na história do Mundial masculino de handebol



O ponta Renato Tupan, da seleção brasileiro/Crédito: PhotoeGrafia

Começa nesta quinta-feira, com um jogo isolado entre Suécia e Chile, o 22º Campeonato Mundial masculino de handebol, que será realizado na Suécia, até o próximo dia 30. A competição, que reúne 24 seleções, divididas em quatro grupos de seis equipes, terá a participação do Brasil, que só fará sua estreia na sexta-feira, diante da Áustria.

Esta será a 10ª participação da seleção brasileira no Mundial e o currículo está muito longe de ser brilhante. A melhor colocação do Brasil ocorreu em 1999, no Egito, quando a equipe chegou até às oitavas de final, terminando em 16º lugar. Foi neste ano, inclusive, que a seleção conseguiu suas duas primeiras vitórias na história do torneio. No último Mundial, realizado na Croácia, o Brasil ficou somente em 21º lugar.

Confira abaixo a história da participação brasileira nos Mundiais masculinos de handebol:

1958 (Alemanha Oriental) – eliminado na primeira fase: 3 jogos/ 3 derrotas
1995 (Islândia) – eliminado na primeira fase: 5 jogos/5 derrotas
1997 (Japão) – eliminado na primeira fase: 5 jogos/ 5 derrotas
1999 (Egito) – 16º colocado (oitavas de final): 6 jogos/ 2 vitórias/ 4 derrotas
2001 (França) – 19º lugar (eliminado na primeira fase): 5 jogos/1 vitória/ 4 derrotas
2003 (Portugal) – 22º lugar (eliminado na primeira fase): 5 jogos/ 1 empate/ 4 derrotas
2005 (Tunísia) – 19º lugar (eliminado na primeira fase): 5 jogos/1 vitória/ 4 derrotas
2007 (Alemanha) – 19º lugar: 6 jogos/ 3 vitórias/ 3 derrotas
2009 (Croácia) – 21º lugar: 9 jogos/ 3 vitórias/ 6 derrotas



MaisRecentes

Liberação da Fiba é o mais novo título mundial do basquete brasileiro



Continue Lendo

Herói olímpico dos EUA desafia escândalo sexual no Mundial de taekwondo



Continue Lendo

Com medalhista olímpico, Brasil estreia sábado no Mundial de taekwondo



Continue Lendo