Americana é a grande surpresa na decisão do Nacional feminino de basquete



Desde o seu início, o 11º Campeonato Nacional feminino de basquete parecia fadado a ser decidido por Ourinhos (atual tetracampeão) e Catanduva (que bateu o tradicional rival na decisão do Campeonato Paulista. Pois é, parecia…

A presença do Americana no playoff final é o grande barato desta decisão. O basquete, especialmente o feminino, estava mesmo precisando de novos ares, novos protagonistas. Além disso, acabou premiando o excelente trabalho da técnica Branca, que assumiu o comando da equipe após o Paulistão.

Mesmo assim,o favoritismo é todo do Ourinhos, comandado pelo ex-assistente Urubatan Paccino (que assumiu o cargo após a demissão de Paulo Bassul). Mas aposto em uma série decisiva duríssima, decidida em cinco jogos.



MaisRecentes

Basquete masculino brasileiro bebe na fonte certa para tentar se reerguer da crise



Continue Lendo

O calote do Comitê Rio-2016 é uma vergonha que ficará para sempre



Continue Lendo

COI volta a se preocupar com os custos dos Jogos de inverno. Mas os de 2026



Continue Lendo