Americana é a grande surpresa na decisão do Nacional feminino de basquete



Desde o seu início, o 11º Campeonato Nacional feminino de basquete parecia fadado a ser decidido por Ourinhos (atual tetracampeão) e Catanduva (que bateu o tradicional rival na decisão do Campeonato Paulista. Pois é, parecia…

A presença do Americana no playoff final é o grande barato desta decisão. O basquete, especialmente o feminino, estava mesmo precisando de novos ares, novos protagonistas. Além disso, acabou premiando o excelente trabalho da técnica Branca, que assumiu o comando da equipe após o Paulistão.

Mesmo assim,o favoritismo é todo do Ourinhos, comandado pelo ex-assistente Urubatan Paccino (que assumiu o cargo após a demissão de Paulo Bassul). Mas aposto em uma série decisiva duríssima, decidida em cinco jogos.



MaisRecentes

Sonho de Budapeste para os Jogos de 2024 pode terminar nesta quarta-feira



Continue Lendo

Falta patrocínio no esporte brasileiro? O rúgbi não tem do que reclamar



Continue Lendo

Oscar Schmidt no All-Star da NBA alivia a depressão do basquete brasileiro



Continue Lendo