Algumas dúvidas que ainda pairam sobre os Jogos Rio 2016



Imagem aérea do Parque Olímpico da barra da Tijuca. Crédito: Renato Sette Camara/Prefeitura do Rio

Imagem aérea do Parque Olímpico da barra da Tijuca. Crédito: Renato Sette Camara/Prefeitura do Rio

Nesta data simbólica de 200 dias para o início dos Jogos Olímpicos do Rio 2016, cuja marca é alcançada nesta segunda0feira (18), é inevitável que o clima de festa e ansiedade que muitos têm em relação ao maior evento esportivo do planeta acabe dando lugar também a uma dose razoável de dúvidas a respeito do evento, seja em relação ao sucesso de organização, seja por conta do desempenho dos atletas brasileiros ou mesmo das estrelas estrangeiras que virão competir a partir de 5 de agosto.

O blog deixa no ar 30 dúvidas, mas é claro que existem muitas outras. Deixe aí na caixinha de comentários quais são as suas.

>>> E mais: Prévia aponta Brasil no top 10 da Rio 2016, mas pelo total de ouros

1 – As obras olímpicas que ainda estão em atraso, especialmente no velódromo, centro de hipismo e estádio de remo, serão concluídas sem atraso?

2 – O orçamento já atualizado, que atualmente se encontra em R$ 38,67 bilhões, será respeitado ou irá estourar?

3 – Haverá encalhe de ingressos ou todos os bilhetes serão vendidos?

4 – As obras de mobilidade prometidas pela prefeitura do Rio de Janeiro ficarão prontas a tempo? Os torcedores terão dificuldade para chegar às arenas de competição?

5 – A oferta de hospedagem no Rio de Janeiro, seja de hotéis, pousadas ou outras formas alternativas, será suficiente para atender a demanda do público?

6 – O chamado “legado olímpico” será bem administrado após a Rio 2016?

7 – O Brasil conseguirá alcançar a meta proposta pelo COB (Comitê Olímpico do Brasil) e terminar os Jogos no top 10 do quadro de medalhas?

8 – Em relação às Paraolimpíadas, o Brasil conseguirá atingir a meta de top 5?

9 – O futebol masculino do Brasil finalmente conseguirá conquistar a tão sonhada medalha de ouro?

>>> Leia também: Um erro que custou R$ 138 milhões

10 – O vôlei de praia justificará o favoritismo e conseguirá levar as medalhas de ouro tanto no masculino quanto no feminino?

11 – O atletismo conseguirá superar o fiasco da participação em Londres 2012?

12 – Quem irá assumir a condição de maior ganhador de medalhas entre os esportes olímpicos do Brasil: o judô ou a vela?

13 – Arthur Zanetti conseguirá confirmar o favoritismo e conquistar o bicampeonato olímpico na ginástica artística, na prova das argolas?

14 – José Roberto Guimarães irá se consagrar ainda mais como o maior treinador do esporte olímpico do Brasil, conquistando sua quarta medalha de ouro no vôlei (até agora são duas no feminino e uma no masculino)?

15 – O esquema de segurança irá funcionar perfeitamente, tanto para atletas quanto para o público?

16 – Os clubes e a CBB (Confederação Brasileira de Basquete) chegarão a um acordo em relação à seleção feminina e formar uma seleção forte para os Jogos?

17 – Fabiana Murer conseguirá acabar com seu trauma de Pequim 2008 e Londres 2012 e encerrará sua carreira olímpica com uma medalha no salto com vara?

18 – Cesar Cielo irá superar a má fase e alcançará o índice para tentar sua quarta medalha olímpica?

19 – Usain Bolt voltará a assombrar o mundo e vencerá os 100 e 200 m rasos?

20 – Michael Phelps voltará bem da aposentadoria e repetir os resultados que o transformaram no maior ganhador de medalhas da história das Olimpíadas?

21 – O COI irá revogar a suspensão imposta ao atletismo da Rússia, por conta da manipulação de exames de doping na última década?

22 – Aliás, por conta desta suspensão, como ficará a situação da estrela russa Elena Isinbayeva, que já fez um apelo para que os atletas russos sem histórico de doping possam competir nas Olimpíadas do Rio?

Veja o vídeo oficial que marca os 200 dias para a abertura da Rio 2016


23 – Alguém conseguirá parar as seleções masculina e feminina de basquete dos Estados Unidos? (tá bom, esta é fácil e a resposta é não)

24 – A China continuará incomodando os Estados Unidos pelo protagonismo no quadro geral de medalhas?

25 – O torcedor brasileiro, de modo geral, será envolvido pelo clima olímpico?

26 – Os quenianos continuarão imbatíveis nas provas de meio fundo e fundo no atletismo?

27 – A natação da Austrália irá se recuperar do fraco desempenho dos Jogos de Londres?

28 – A imprensa continuará preocupada em eleger as “musas” olímpicas ou também estará preocupada com a competência esportiva destas atletas?

29 – O torcedor brasileiro continuará analisando o esporte olímpico sob a ótica do futebol?

30 – Os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016 conseguirão ajudar a acabar com a monocultura esportiva do Brasil?



MaisRecentes

Governo rebatiza programa ‘Atleta Pódio”, de olho em Tóquio-2020



Continue Lendo

Tragédia das enchentes no Peru deixa Pan de Lima-2019 na berlinda



Continue Lendo