A polêmica entre o COB e Alberto Murray Neto continua a pleno vapor…




Eu não sou mais membro do Comitê Olímpico Brasileiro. Já fui. Por um lado isso é muito bom. Não é de hoje que tenho sido alertado, inclusive por gente próxima ao governo federal, de que o “COB está mais sujo que pau de galinheiro e será o próximo grande escândalo do Brasil.” Mais de uma pessoa já me disse isso, muito antes do Pan Americano, há anos atrás. “O Lula detesta o Nuzman” , falavam-me. Estavam com a razão. Vejam o escândalo financeiro que assolou aquela competição, as denúncias de superfaturamento no relatório do TCU, os processos investigatórios na CGU e no Ministério Público Federal, a oposição ferrenha dos Atletas e de seus pais, da sociedade, da imprensa, contra absolutamente toda essa podridão, execrável, que está aí. O lado ruim da história é que Catuzinho (como Carlos Arthur Nuzman é carinhosamente chamado no seio familiar. Vide post abaixo) não vai ter uma voz de oposição nas suas assembléias gerais, bem como (na cabeça dele), impede a minha eventual candidatura a alguma coisa lá dentro (nesse particular, o artigo 26 dos estatutos do COB é ilegal e inconstitucional e uma medida liminar derrubaria isso). (…)

Reproduzo acima a parte inicial de um post do blog de Alberto Murray Neto, que se tornou bastante conhecido do meio esportivo nacional por ser a grande voz de oposição ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB). Murray foi entrevistado por este blogueiro por ocasião da última coluna Diário Esportivo, na qual falou, na condição de ex-atleta, integrante da Corte Arbitral de Esporte (TAS) e membro do próprio COB, sobre as chances (nulas) do Rio ganhar a sede das Olimpíadas de 2016.

Eis que Murray avisa que não faz mais parte do COB. A grande dúvida, que o próprio faz questão de ressaltar, é que não sabe quando isso ocorreu, se antes ou depois da última eleição na entidade, em outubro do ano passado.

Em e-mail enviado ao blogueiro, a assessoria de imprensa do COB garante que Alberto Murray Neto não fazia parte da chapa inscrita em abril de 2008, mas que ele integrou a chapa anterior, cujo mandato venceu em 31 de dezembro. Particularmente, acho que vai rolar muita água debaixo desta ponte…

Para quem quiser ler a íntegra do post de Alberto Murray Neto, basta clicar aqui.



  • Anônimo

    Alberto Murray deveria parar de falar bobagem. Chances nulas é? Faz favor.

    Viva o Rio!

  • Anônimo

    Alberto Murray, fique em São Paulo Chorando por favor, VIVA RIO 2016.

  • Anônimo

    Alberto Murray deveria parar de falar bobagem. Chances nulas, pensou que era SP 2016, errou era RIO 2016.

MaisRecentes

Fora da Odepa, Nuzman precisa se preocupar com o esporte do Brasil



Continue Lendo

Em disputa acirrada, Nuzman tenta presidência da Odepa nesta quarta



Continue Lendo

Em semana decisiva na Odepa, Nuzman ganha cargo em Tóquio-2020, diz site



Continue Lendo