As ‘previsões’ para o esporte em 2017!



marco

 

Não é preciso ser uma Mãe Dinah ou um Robério de Ogum para fazer algumas previsões para o esporte em 2017.
Usando nossos poderes sensitivos, vamos cravar aqui algumas profecias para o ano novo que se inicia.

1) O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, não acompanhará a Seleção Brasileira em nenhum compromisso fora do país, seja em jogos oficiais ou amistosos. Ele também não estará presente em nenhuma reunião importante de dirigentes do futebol mundial a não ser que o encontro aconteça dentro das fronteiras do Brasil. Este blogueiro fica até emocionado com tal demonstração de patriotismo de nossa mais alta autoridade do futebol.

2) Paulo Nobre, esteja onde estiver, até mesmo a bordo de um carro de corrida, e Leila Pereira, dona da Crefisa, trocarão ironias e farpas públicas.

3) Corinthians e Odebrecht não chegarão a acordo algum sobre o Itaquerão, feito no fio do bigode do ex-presidente Lula e de Norberto Odebrecht.  No meio do imbróglio, Andrés Sanchez apresentará um guardanapo com alguns garranchos e números em que provará por A + B que o clube está prestes a ter um naming rights e que as contas estarão em ordem em breve.

4) Felipe Melo vai dar resposta atravessada e se envolver em algum bate-boca público, seja com torcedores ou jornalistas.

5) O novo técnico do Palmeiras, Eduardo Baptista, enfrentará dificuldades para administrar elenco tão numeroso e com jogadores de grupo como Michel Bastos.

6) Torcedor são-paulino terá uma dose extra de paciência com seu novo técnico Rogério Ceni. E gritará “Ceni” a cada falta perto da área adversária.

7) Algum presidente eterno de alguma Confederação Brasileira de algum esporte será acusado de estar envolvido em irregularidades administrativas.

8) Ficaremos esperando o legado do Rio-16 aparecer. Enquanto isso, esportistas medalhados e badalados durante os jogos estarão com o pires na mão buscando algum patrocínio.

9) Dois dos três indicados ao prêmio de melhor do mundo serão Lionel Messi e Cristiano Ronaldo

10) No final do ano, se algum clube grande estiver prestes a cair, surgirão “suspeitas” de uso irregular de algum jogador de clube menor para livrar a cara do grande

Qual outra “previsão” você acha que acontecerá no esporte em 2017?



MaisRecentes

Caso Wellington: erro do jogador e show de hipocrisia por parte da mídia esportiva



Continue Lendo

As lições deixadas pela Taça Guanabara



Continue Lendo

Bota: um jogo que vale mais do que uma vaga na fase de grupos da Libertadores



Continue Lendo