Luxemburgo trouxe a raça de volta ao time



Um time sem raça não tem futuro no futebol. Nos sete jogos com Ney Franco, se via de tudo nos jogadores do Flamengo, exceto a tão requisitada raça. No último domingo, Vanderlei Luxemburgo conseguiu trazer esta questão de volta ao Rubro-Negro e com pouco tempo de casa – fez apenas três treinos.

A crise que se instalou nas últimas semanas na Gávea foi um pouco abafada com a vitória no clássico com o Botafogo. A torcida compareceu em peso ao Maracanã e apoiou o time a cada segundo de partida. O ambiente propício já tinha sido visto no sábado, quando o Flamengo treinou na Gávea e cerca de mil pessoas foram empurrar o time para incentivar o elenco a se afastar da zona.

Vanderlei Luxemburgo não é mágico, mas pelo menos entende de futebol. Ao não complicar e optar pelo simples na montagem do time, conseguiu aproveitar da melhor forma o elenco que tem na mão – que ainda é muito limitado –, fazendo com que o Flamengo brigasse pela vitória a todo instante durante o clássico.

Uma atitude louvável do novo técnico foi ter dado uma chance ao zagueiro Marcelo entre os titulares. Contratado em abril, o jogador  nem era relacionado. A sua estreia não pode ser considerada perfeita apenas porque acabou falhando em um lance no fim, quando Paulo Victor o colocou na fogueira, e por milagre não saiu o empate.

Alecsandro, o autor do gol da vitória, também teve um bom desempenho. Na jogada, se posicionou bem para aproveitar ótimo cruzamento de João Paulo. Cáceres, que retornou ontem ao time, também teve uma atuação de destaque até ser expulso no último minuto. O argentino Canteros foi outro que estreou, mas ficou devendo.

Em um geral, o Flamengo jogou ontem de uma forma que não se via há muito tempo. Com a torcida no lado, o Rubro-Negro ganha força. Basta jogar com raça e sem complicações. A vitória ainda não tirou o time da zona, mas ao menos o primeiro passo foi dado.

*** Visão de Flamengo publicada na edição desta segunda-feira do Diário LANCE! RJ ***



  • Ciro

    É isso ai David eu nem vi o jogo mas eu não tinha dúvidas que pelo menos seria assim, porque não a termo de comparação entre o ‘pofexô’ e o Ney Fraco. Pode nem ser o suficiente para tirar a gente desta encrenca mas é um alento de dias melhores e eu já clamava por esta volta desde a saída do seu Jaime que aliás é um grande amigo e foi estagiário dele, e as pessoas esquecem até disso.

  • julio

    Com certeza um time mais aguerrido e um pouco mais organizado foi o que a torcida viu no maracanã nesse domingo, o Carceres um monstro que vai fazer falta no próximo jogo, o marcelo quase põe td a perder no final do jogo, mas fez uma partida rasoavel, paulo victor não foi muito exigido mas não inspira muita confiança ainda pode melhorar com sequencia… Paulinho não está conseguindo repetir as atuações do ano passado e o everton muito irregular, mugni muito mal, lento e erra muito,o luxa só errou nas subistituições, negueba não da mais e o gabriel ainda não entendeu o que é o flamengo… acho que agora com uma semana pra treinar e uma sequencia facil de jogos da pra fugir da crise, agora so falta saber como o luxa vai montar o time sem o carceres e o leo moura? acho que vai ser L. antonio na lateral, canteros e M araujo de volantes e o resto td igual…SRN

  • FLAPENTATRIHEXATRI

    Meus caros rubro-negros,

    O mais importante neste momento foi a vitória, que mesmo magrinha, nos deu 3 pts e saimos desse amargo último lugar; porém ainda falta + afirmações entre o técnico e os jogadores. Mas de qq modo já deu pra perceber que com o Luxa não irão ter molezas, vide o exemplo do goleiro Felipe, que já tem umas “turras” com ele, e já está praticamente fora do CRF; mas entendo tb que o Paulo Vitor não inspira muita confiança, isso nesse 1º momento.
    O jogo de ontem mostrou o que é esse clássico, jogo pegado sempre, mas valeu Mengão!!

    ps…e tenho que dizer: infelizmente o Léo Moura já deu o que tinha, e no final do jogo quase entregou o ouro; pois perdeu uma bola boba no ataque, que poderia ter ficado com ela pela lateral do campo, mas quis levá-la pro meio e deu contraataque ao Bota, que o Xerifão Cáceres salvou.

    ps2…e o Gremio sempre ajudando aos times do Sul, não jogou porra nenhuma, parece até “encomenda preparada”, falem sério?kkkk

    SRN

  • O profexô fez exatamente igual ao seu jaime quando asumiu ano passado fez o simples so isso e batemos campeões acho q pro título não da mas mais uma vaguinha entre os qutro concerteza vamos chegar podem me cobrar

  • Foi o primeiro passo de uma distancia a ser percorrida,não dar para chegar entre os primeiros com esse elenco.as não ficaremos entre os quatro ultimos, para tristeza de muitos SRN…….

  • Raulnei Cerqueira – Salvador / Ba

    Ontem algumas constatações foram claras.
    1º Ja deu para os medalhões, a fase deles com seus chinelinhos e suas pretensões de mandar no clube acabaram, com o Profexô ou joga ou ta fora.
    2º Lucas Mugni precisa de sequencia pq pode sim vestir a 10 do Mengão, só precisa q o nosso Técnico dê essa chance a ele, e pelo q parece o Profexô já enxergou isso.
    3º O Caceres jogou demais ontem, faltou apenas o Profexô ter deslocado ele de função pq ele marcou o cai-cai do C Alberto o tempo todo, e por mais q ele ñ estivesse fazendo as faltas o C Alberto se jogava e a falta ia pra conta do Caceres, qdo ele precisou fazer uma falta de verdade no jogo foi expulso.
    Gostei do meio com o Caceres e o L Antonio sendo apoiados pelo Everton, sem a Avenida A Santos foi mais facil acertar a nossa defesa, o Marcelo estreou bem, foi firme o jogo todo só bobeou qdo o P Vitor o colocou numa roubada, com 2 atacantes na sua cola.
    O Cruzamento do J Paulo foi uma pintura e o Voô do Alecgol um descarrego de adrenalina na alma.
    Claro q ñ podemos achar q esta tudo maravilhoso, até pq o Botafogo ñ é parâmetro como adversário, mais pelo menos o mais importante pra nós aconteceu, q foi ganhar os 3 pts.
    Agora o Profexô tem até o domingo para treinar e acertar ainda mais esse time, perdemos uma peça importantíssima q é o Caceres mais acho q isso vem a calhar para q possamos testar o Canteros.
    Domingo temos um jogo de 6 pontos contra a Chapecoense, ñ podemos de jeito nenhum perder esse jogo q é crucial para nossas pretensões.
    Vamos vencer nosso concorrente direto e sair de vez do Z4.

    SRN

  • FLAPENTATRIHEXATRI

    Eu acho que o CRF precisa urgentemente de contratar + 2 laterais, esquerdo e direito; pois não podemos ficar só com os que estão lá; pois o Léo Moura já deu, o Léo precisa rápido voltar, e o João Paulo é limitadíssimo; então a diretoria tem que se mobilizar para essas 2 funções, em vez de querer tentar trazer Robinho. Eu sou contra esse negócio de improvisar, pq acaba sacrificando o jogador posto em questão, além de prejudicar o clube.
    E ainda precisamos do camisa 10, bom pelo menos no meu conceito, já que o Mugni está enrolado na meiuca, e o Luxa tem que acertar o posicionamento dele.
    SRN

  • NIVALDO PEREIRA

    Alô alô galera flamenguista em todo o Brasil,

    Ontem não sabia o que iria ocorrer, só sei que o Flamengo tinha que ganhar e ganhou.

    Prá falar a verdade depois daquela humilhação contra o Inter-RS não dei trégua a diretoria do Flamengo em nenhum momento, foi em média 3 e-mail por dia com cópia para toda imprensa esportiva brasileira, estava desesperado em ver Ney Franco continuar como técnico do Flamengo desde a 5ª rodada do Brasileiro, cheguei a garantir que ele seria demitido na 9ª rodada e quando após a Copa do Mundo ele continuou bateu desespero, então digo com muito respeito ao profissional Ney Franco que fui um dos responsáveis por sua demissão.

    Vanderlei Luxemburgo – disse e afirmo que sua única missão é tirar o Flamengo da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro pois do contrário todo um passado e história de
    Vanderlei Luxemburgo no futebol brasileiro iria para o lixo.

    Jogo de ontem? foi dificil analisar pois quando você estar torcendo demais perde a noção de análise, mas ví o time começar com pegada em menos de 10 segundos já estava chutando a bola para o gol do adversário, enquanto que há alguns dias atrás mal começava o jogo já estava 1×0 para o adversário, e 2×0 e 3×0 e 4×0 e olé e tudo mais.

    O Tal Mugni destoava da pegada queria dar toque de calcanhar quando o jogo era de comer a bola, sinceramente ainda me convenceu para titular do Flamengo, final do jogo um erro do Léo Moura que quase causou o empate mas o Carceres trocou a expulsão pela vitória.

    Disse e repito primeira decisão das 26 que restam, é ganhar ou ganhar, com a responsabilidade de ganhar do Bahia, Coritiba, Figueirense e Vitória. Sem comemoração!

  • NIVALDO PEREIRA

    Alô alô galera flamenguista em todo o Brasil,

    Ontem não sabia o que iria ocorrer, só sei que o Flamengo tinha que ganhar e ganhou.

    Prá falar a verdade depois daquela humilhação contra o Inter-RS não dei trégua a diretoria do Flamengo em nenhum momento, foi em média 3 e-mail por dia com cópia para toda imprensa esportiva brasileira, estava desesperado em ver Ney Franco continuar como técnico do Flamengo desde a 5ª rodada do Brasileiro, cheguei a garantir que ele seria demitido na 9ª rodada e quando após a Copa do Mundo ele continuou bateu desespero, então digo com muito respeito ao profissional Ney Franco que fui um dos responsáveis por sua demissão.

    Vanderlei Luxemburgo – disse e afirmo que sua única missão é tirar o Flamengo da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro pois do contrário todo um passado e história de
    Vanderlei Luxemburgo no futebol brasileiro iria para o lixo.

    Jogo de ontem? foi difícil analisar pois quando você estar torcendo demais perde a noção de análise, mas ví o time começar com pegada em menos de 10 segundos já estava chutando a bola para o gol do adversário, enquanto que há alguns dias atrás mal começava o jogo já estava 1×0 para o adversário, e 2×0 e 3×0 e 4×0 e olé e tudo mais.

    O Tal Mugni destoava da pegada queria dar toque de calcanhar quando o jogo era de comer a bola, sinceramente ainda não me convenceu para titular do Flamengo, final do jogo um erro do Léo Moura que quase causou o empate mas o Carceres trocou a expulsão pela vitória.

    Disse e repito primeira decisão das 26 que restam, é ganhar ou ganhar, com a responsabilidade de ganhar do Bahia, Coritiba, Figueirense e Vitória. Sem comemoração!

    • FLAPENTATRIHEXATRI

      Meu caro Nivaldo, bom baiano!!

      Relaxa!!…tenha calma!!…as coisas vão caminhar para o lado positivo; além do mais cada jogo é diferente do outro; mas acho que com essa vitória, aquele tal “inferno astral”, pode se afastar de nós rubro-negros e passar para outros tb sentirem na pele essa realidade, não é?
      E mesmo o Botafogo estar a 2 pontos na nossa frente, a situação deles é bem pior, viu?
      O próximo jogo nosso será lá em Chapecó, e parada difícil amigo; pois eles tb estão na mesma situação que a gente,e lá vira alçapão com a torcida em cima, fungando no cangote do Mengão; mas mesmo assim iremos ganhar.
      Aproveita, e passa essa semana lá no NSB, e leve um “passe” das Baianinhas, que é pra tirar qq “mau agouro” de cima de ti, viu meu nobre amigo de camisa?kkk
      abraço

      • NIVALDO PEREIRA

        Prezado amigo Flapenta,

        Um grande abraço e não existe sujeito mais calmo do que baiano, kkkk…

        Mas quando tem que agir, age mesmo afinal calma tem limite né? kkkkkkk…

        Jogos difíceis sim virão por aí, todos eles e fomos nós quem nos colocamos nesta situação, agora é tudo ou nada e que assim seja, mas pedia garra, atenção, vontade, colocação no mínimo elementar da defesa do Flamengo, onde ninguém subia, ninguem marcava, ninguém dava o combate e os caras faziam o queriam em cima da defesa do Flamengo.

        O Luxa, o coloquei entre a cruz e a espada, é um modo de dizer dê o seu máximo, é uma maneira de mostrar a maior responsabilidade de toda sua carreira agora no FLA.

        O time é o mesmo, faltava homem para olhar na cara, gritar, bater se necessário.

        • FLAPENTATRIHEXATRI

          Com certeza meu amigo Nivaldo,

          E apesar de algumas divergências plenamente normais, estamos juntos nessa empreitada, é tudo pelo nosso Flamengo, certo?

          E tb acho que as mudanças surtiram efeitos positivos para a equipe, ou seja: ingressos mais baixos, treino na Gávea com a presença da torcida, afastamento de alguns jogadores que não vinham produzindo, e o técnico que chama na “chincha”, não é?kkk

          abraços

  • O BOTAFOGO não e grande coisa , vencemos

    o zagueiro que jogou foi bem falhou no ultimo lance porque PAULO VICTOR confiou bastante

    nele,

    acho que a zaga titular mais na frente sera ELE e SAMIR,

    para o proximo jogo espero que o LUXEMBURGO mantenha esta zaga e de confiança ao

    zagueiro novato, não volte com a LESMA do CHICÃO,

    ficamos sem o nosso melhor jogador o CACERES por causa de 2 jogadas bobas perdidas

    no ataque por NEGUEBA e LEO MORTO, ambas o CACERES teve que matar as jogadas.

    foi expulso e vai fazer muita falta,

    QUANTO ao jogador que estreou por ser o 1º jogo não vi nada de extraordinario

    mais 2 ou 3 jogos ja digo se e bom ou pior do que estão no FLAMENGO.

    • desculpe meus amigos o nome do zagueiro e MARCELO melhor que o CHICÃO .

      • FLAPENTATRIHEXATRI

        Ruy,

        O Cáceres foi o melhor do jogo de ontem, e aquela falta foi providencial, senão poderíamos hoje não estar comemorando a vitória; e além do mais, ele já não jogaria o próximo jogo de qq maneira; pois havia levado o 3º cartão amarelo, antes da expulsão, sabia?

        Mas Ruy, a verdade é que o teu astral tb mudou, estou certo?kk

  • FLAPENTATRIHEXATRI

    Meus caros rubro-negros,

    Impressionante esse lateral direito que veio lá do Atl/PR, o Léo…foi pro treino, e já sentiu a “coxinha”, pqp!! que jogador “medroso” do cacete!!…lá no Sul jogou todos os jogos, deu trabalho para as equipes adversárias; mas foi só chegar no CRF, para se contundir, caraio!!!..o cara nem jogou, senão me engano apenas 1 jogo lá em Bangu, ainda pelo Carioca.

    ps…Eu acho melhor o CRF correr logo pra contratar outro lateral direito, falem sério?kkk

  • NIVALDO PEREIRA

    No futebol assim como em qualquer outra atividade de destaque e exposição pública, quando se atinge um destaque e auge da carreira o perigo estar entre poder manter-se no tôpo ou declinar para o final de carreira desfazendo uma imagem positiva construída anteriormente.

    O tempo e a idade são os maiores empecílios para se decidir em se manter ou sair de cenário no auge, numa linguagem bem popular sair por cima.

    Vanderlei Luxemburgo se tivesse que ser lembrado como lateral-esquerdo do clube de futebol mais popular do país certamente já estaria no rool dos esquecidos e completo anonimato por não ter sido um jogador de destaque, mas Valderlei Luxemburgo como técnico de futebol chegou a estar entre os melhores do mundo, tanto é assim que chegou a ser contratado pelo Real Madrid um dos maiores e mais ricos clubes de futebol do planeta.

    No Brasil Luxemburgo começou sua carreira como teécnico de futebol em time sem muita expressão porém com muito destaque, logo em seguida treinou os maiores clubes deste país dentre eles o C.R.Flamengo.

    Técnico de Seleção Brasileira não obteve sucesso a frente da nossa Seleção, assim como sua passagem rápida pelo Real Madrid determinou uma espécie de fracasso talvez no maior desafio de sua carreira, mas no Brasil teve o auge de sua carreira em clubes como Palmeiras(era Parmalat) e Corinthians, conquistou títulos importantes e comandou grandes jogadores do nosso futebol formando grandes equipes.

    Estudioso, habilidoso, mas sempre buscando para sí as honras da vitória, porém com o passar do tempo foi se notando um Luxemburgo se sustentando apenas com o nome adquirido, passou a colecionar fracassos a frente de outros grandes clubes numa sequência rápida de tempo de um clube para outro, dentre eles o C.R.Flamengo.

    Luxemburgo foi taxado de superado e necessitando de reciclagem, alguns chegaram a afirmar que o Luxa só se destacava quando conseguia reunir grandes elencos com craques consagrados, porém sua passagem pela Seleção e Real Madrid provou que nem sempre grandes craques deram a Luxemburgo o status de grande técnico.

    Jé esatava for do ar, perdendo prestígio e sendo questionado por suas recentes passagens fracassadas em clubes como Santos, Atlético-MG, Flamengo, Fluminense e Gremio.

    Eu particularmente critiquei contundentemente a diretoria do Flamengo por manter Ney Franco como técnico do rubro-negro no intervalo da Copa do Mundo de 2014 acreditando que se colocasse um outro profissional teria tempo para reavaliar todo elenco e mostrar um novo serviço no recomeço do Brasileirão 2014, isto não ocorreu e infelizmente precisou o Flamengo perder mais 3 jogos consecutivos com goleadas humilhantes para se demitir o Ney Franco.

    Sabia que viria qualquer outro nome e para falar a verdade jamais pensei em Luxemburgo, mas depois reanalisando tudo e conhecendo um pouco o EGO do ser humano, acredito que ele usou a Copa do Mundo como uma espécie de reciclagem em sua carreira, observações do seus êrros, ele sabe que sempre se auto-valorizou demais, prepotente as vezes pelo status alcançado, penso que Luxemburgo deve ter aprendido a lidar com os meninos da base o os grandes medalhões, penso que ele somou algo novo neste um mês de Copa, penso que não voltaria ao Flamengo para expôr seu nome e cair com o Flamengo para Segunda divisão do futebol brasileiro sob pena de ver toda sua carreira indo para o lixo, enfim Luxemburgo acredito deve estar com Cartas na manga, maior aprendizado, mais humildade e menos discurso bonito de auge de carreira, afinal ele hoje não está mais no auge e não seria este time e atual posição do Flamengo que lhe daria chance de reconquistar o seu nome de grande técnico do futebol brasileiro, então Luxemburgo cada jogo uma questão pessoal dele se reerguer ou findar sua carreira da pior forma possível.
    NIVALDO PEREIRA – SALVADOR – BAHIA

    • Raulnei Cerqueira – Salvador / Ba

      Nivaldo,
      Grande analise, concordo com o q disse.
      Na verdade hoje não sei se o Flamengo precisa mais de Luxemburgo ou Luxemburgo precisa mais do Flamengo.
      Acho q a necessidade e o desespero dos 2 vão nos tirar desse abismo q nos metemos.
      E o amanhã só a Deus pertence.
      E vai aki uma noticia para o nosso amigo Ruy q defende tanto as categorias de base.
      Parece q a atual Diretoria começa junto com o Ximenes a olhar para a nossa base, começaram a reestruturar tudo, a criar novos cargas para acompanhamento e monitoramento dos meninos e para também descobrir novos talentos.
      Olha ai Ruy suas revindicações sendo ouvidas….

      Grande Abraço a todos.

      SRN

      • Raulnei, torço muito para os jogadores da base,

        principalmente quando vejo potencial em alguns como ADRYAN, MATTHEUS,

        mais tambem critico ex: NEGUEBA ele se acha craque e acho que falta humildade a ele,

        RECIFE nos jogos da base que vi achei fraco,

        mesmo assim prefiro jogadores da base, porque quando o FLAMENGO

        contrata jogadores não esta escrito se vai dar certo ou não.

        boa noite Raulnei.

  • NIVALDO PEREIRA

    Amigos Raulnei e Ruy Carlos,

    Concordo plenamente com vocês, também é desejo meu quanto de voces ver jogadores de base se destacando em nosso clube, torcedor e jogador revelado pelo nosso clube, aliás qual torcedor não quer ver um jogador de base se destacando em seu próprio clube?

    É importante sim o jogador de base, que veste a camisa, que conhece a história do clube principalmente aqueles que são torcedores de coração e possuem qualidade técnica e raça.

    Quando critico a qualidade do jogador de base do Flamengo, não estou criticando diretamente ele e sim a nossa diretoria, que nos últimos parece não saber garimpar, triar, selecionar, proteger o jogador de base e torná-lo craque, e tanto é comprovado que depois do ZICO nem mesmo o Sávio jamais me convenceu, jogadores com Djalminha era para ser preservado e ter sido destaque no Flamengo até o final de carreira.

    Quando digo que concordo plenamente com o Ruy é que ele prefere ver meninos mesmo perdendo do que os André Santos, Elano e Chicão da vida em nosso clube, aí eu também estou com ele, mas em parte melhor agente xingar e expôr ANDRÉ SANTOS, CHICAO E EALNO do que Matheus, Adrian, Negueba e cia, além do que é claro é óbvio o clube não estaria sustentando esses corme e dorme com salários astronômicos como está ocorrendo.

    Ví a saída do Hernane e agora sim acho o momento não propício, pois todos os esforços primeiro é para tirar o time da Segunda Divisão segundo porque o Alecssandro jamais me convence por regularidade, é aquele jogador que vai ficar alí no corme e dorme quando menos espera é que ela faz um golzinho como aquele contra o Botafogo, por isso era importante manter o Hernane até o final da competição. E se o tal Alecssandro se machucar seriamente a ponto de sair do time? E aí quem fica alí na frente? Preciso ensinar isso à diretoria do FLA?

    • Raulnei Cerqueira – Salvador / Ba

      Nivaldo,

      Alem de tudo o q vce expôs ainda tem a parte financeira, qdo se lança um jogador da nossa base e eles estouram, e vários clubes querem o menino ai esta na hora do Clube ganhar dinheiro.
      Enquanto q os medalhões alem dos altos salários jamais vão dar retorno ao Clube.
      Mais tb como vc falou se esses jogadores estivessem em campo hje, toda a culpa do nosso péssimo Futebol cairia sobre eles.
      Por isso ñ acho o momento propicio para eles, esses jogadores da base precisam entrar em uma equipe equilibrada, e sem pressão, no nosso momento atual acho q ñ da.
      Nossa Diretoria esta estruturando toda a nossa Base, e isso é importante pq faz alguns anos q ñ conseguimos nada com esses meninos,
      precisamos de olheiros nos muitos nichos do Pais, nos campinho de terra batida, nos torneios escolares e ñ desses meninos q já chegam com recomendação de algum Empresario ou é filho de algum Ex-Jogador.
      Se continuar com esses moldes de admitir na nossa base jogadores indicados e filhos de Ex, assim vamos continuar remando contra a mare e ñ vamos pra lugar nenhum.

      SRN

  • NIVALDO PEREIRA

    Hoje dia 02/08/14 estamos há menos de 15 horas da Segunda decisão de Vanderlei Luxemburgo no Campeonato Brasileiro de 2014 pelo Flamengo, sim porque embora não entenda o porque do Jornal O LANCE não colocar um novo tema para opinião e participação dos torcedores do FLA ainda assim tenho participado decisivamente não somente junto a mídia esportiva mas direto para a direção do clube, direto para o Sr.Presidente do clube.

    Jogo contra Chapecoense é muito mais que decisão, é jogo de 6 pontos pois se perder se enterra e salva a Chapecoense, é jogo para 3 resultados GANHAR, GANHAR ou GANHAR.

    Repito, não entendo a saída do Hernane neste momento, se tivéssemos alguém alí na frente fazendo o seu papel regularmente até entenderia, mas além de Alecssandro não ser este jogador para resolver os problemas de gols do ataque do Flamengo, existe é claro a possibilidade dele sair do time por qualquer motivo, cartão, contusão, punição e até ficar de fora por um longo tempo e aí não me venham com contratação as pressas sem critério, sem qualidade somente para continuar enriquecendo bolsos de empresários que não convence ninguém mais um êrro crasso deste tipo, mas como já disse antes acima não seria eu que teria que ensinar à diretoria do Flamengo.

    Bem, o Vitória-BA já desgarrou e saiu da zona, o Coritiba ganhou do Gremio e amanhã deve ganhar seu jogo, Figueirense e Bahia com jogos difíceis, só resta ao FLAMENGO a segunda decisão de Vanderlei Luxemburgo no FLA, ganhar, ganhar ou ganhar.

  • o FLAMENGO nunca soube valorizar os seus jogadores

    não sabe vender jogadores,

    mais ja que vendeu tem que buscar outro

    ja indiquei ele quando jogava no FIGUEIRENSE

    não sei onde esta e como esta,

    ALOISIO se estiver bem e a cara do FLAMENGO.

    BOA NOITE,

MaisRecentes

Apesar de erro da arbitragem, Flamengo não merecia vencer



Continue Lendo

Zé Ricardo foi muito corajoso, e Flamengo sai fortalecido



Continue Lendo

Zé Ricardo revela-se um grande estrategista



Continue Lendo