Queda livre das alturas!



Não adiantou chegar em cima da hora, fazer cera no começo do jogo e nem escalar Carlos Eduardo. O Flamengo perdeu na altitude dos 3.700 metros de La Paz e, mais do que  isso, está caindo em queda livre da Libertadores! Jayme de Almeida precisa acionar o para-quedas de emergência para ontem, caso contrário o Rubro-Negro vai se espatifar ainda na primeira fase da competição.

Com o resultado de ontem a matemática do Flamengo é simples: vencer os dois jogos que ainda faltam e ligar o secador no máximo contra o próprio Bolívar. Levando-se em consideração o resultado de León x Emelec, o grupo segue embolado na busca pela segunda vaga, apesar do Rubro-Negro hoje ocupar a lanterna da chave e viver situação mais do que complicada. Mesmo com um futebol medíocre, Hernane e companhia continuam vivos na Libertadores.

Não sou fisiologista para saber o que é certo ou errado dentro da preparação para se jogar na altitude. Mas é fato que o Flamengo sentiu, principalmente no começo do jogo, os efeitos dela em campo. Nervoso, Samir foi o Cristo de uma atuação defensiva muito ruim do lado rubro-negro. A sensação de dèjávu que remete à Ronaldinho Gaúcho, Deivid e companhia é inevitável!

Seja obra dos famosos deuses do futebol ou não, o Flamengo segue de pé na Libertadores, mesmo bastante golpeado. Se vai conseguir se reerguer vai depender dos próximos dois jogos (principalmente o contra o Emelec). Agora, verdade seja dita, não havia a menor necessidade de repetir o filme de 2012! Mais do que nunca é hora desse time mostrar do que é feito e relembrar o grande futebol do ano passado.



  • fernando alves

    Caros amigos o problema do flamengo foram os resultados em casa, fora de casa e fd.

    • Marcão Mengão

      Em casa = 1 empate e 1 vitória. Nada anormal. Derrota em casa ou 2 empates é que não pode…

      • fernando alves

        Caro Marcão o empate em casa não foi normal, foi este empate que levou o flamengo a lanterna do grupo.

        • Marcão Mengão

          Por uma questão de circunstância, já que o grupo está “equilibrado”. O patético-mg também empatou em casa ontem e o cruzeiro já tem 2 derrotas.

          • Marcão Mengão

            Atualizando: 2 derrotas e um empate em casa.

  • Marcão Mengão

    Ainda bem que o grupo é fraco e tá embolado. Tanto que com 2 vitórias, não dependeríamos mais de resultado nenhum. Com um empate e uma vitória, mais alguma combinação provável, também dá. Mas o que fica nítido é aquilo que sempre falo com meus amigos: o Flamengo precisa APRENDER a jogar a Libertadores. É jogar cada jogo como se fosse o último, é lutar (e não bater), ter sangue, estudar o adversário, usar as armas deles contra eles também. Por exemplo: quantas vezes o Flamengo chutou de fora da área ontem? E o Bolívar? Pois é…

    Outra coisa: o lance do Samir foi uma fatalidade, mas o time deles ontem não jogou bem a ponto de conseguir outro gol. Fica a sensação de que, não fosse pelo pênalti, teria sido 0x0 mesmo. O foda é ver o Flamengo abusando no quesito “erro individual” nessa Libertadores. Já tínhamos Amaral, Wallace e João Paulo nessa conta, agora temos, infelizmente, nosso jovem e bom zagueiro Samir. Infelicidade grande, mas que acontece. Libertadores requer experiência e isso nosso time em campo ontem à noite não tinha tanta. Muitos jovens, muita gente que nunca jogou em altitude, não sabe como é, ficou perdido em campo, enfim, tudo de errado pra derrota final.

    Mas, claro, como bom torcedor do Mais Querido, jamais aceitarei o coro arcoíris de “eliminado” até que as possibilidades realmente se esgotem. Vamos pra cima do Emelec, não é o fim do mundo achar que podemos ganhar deles lá. Basta um pouco mais de sangue, vontade de vencer e lições aprendidas. Depois, é só fazer o dever de casa contra o mediano time do León e lá vamos nós para as oitavas!

    Todos os flamenguistas já deveriam saber que o Flamengo cresce quando parece que ficou pequeno. É das adversidades que ressurgimos. Afinal, não estávamos eliminados para o “todo poderoso e invencível” cruzeiro na CB do ano passado? E garanto que era mais time que emelec e león…

    SRN’s!

    • MARCAO MENGAO,

      gostei muitode vc falar do SAMIR que foi uma fatalidade o menino nao merecia e otimo

      zagueiro,

      e o seu comentario poderia ser encaminhado para todo elenco do FLAMENGO.

      BOA NOITE.

  • escalaçao para o fraco JAIME

    apesar de torcer por ele

    ………………………………………………..1-FELIPE…………………………………………………..

    …………2-PAULINHO…………………..3-WALLACE…………4-SAMIR…….6-EWERTON………….

    ……………………………………..5-AMARAL…………………..8-CACERES………………………..

    ………………………..7-LUIZ ANTONIO………………………..10-MUGNI………………………..

    ……………………………11-GABRIEL……………………….9-HERNANE…………………………

    TIME MUITO OFENSIVO COM LATERAIS IMPROVISADOS

    QUE VAI APOIAR BASTANTE E VAMOS TER COBERTURA

    COM 2 VOLANTES.

    • Marcão Mengão

      Grande ruy carlos, o Luiz Antonio não está inscrito na libertadores, infelizmente só poderemos contar com ele se passarmos de fase.

      Acho temerário deixar dois laterais improvisados como alas para uma defesa que fica desprotegida, mesmo com 2 cabeças de área. O Cáceres costuma subir para ajudar o ataque. Sem falar que o volante, no caso da sua escalação o Luiz Antonio, não costuma voltar também.

      Eu acho que o problema do Flamengo nessa libertadores não é nem só a escalação. É uma competição para ser jogada por quem já a conhece. Para o jogo contra o Bolívar na altitude, o ideal era botar quem já tivesse passado por isso, pelo menos eu acho…

      SRN’s!

      • MARCAO MENGAO, obrigado por lembrar do LUIZ ANTONIO que ele nao esta escrito,

        mais quanto ao laterais improvisados acho que e valido porque temos que tentar algo

        diferente esta mesmice e que nao da para continuar,

        2 laterais velhos para o jogo de novo contra o EMELEC e o reforço de outro jogador velho

        e parado como o ELANO acho que o FLAMENGO vai ser presa facil.

        boa noite MARCAO MENGAO.

  • NIVALDO PEREIRA

    Já se passam 32 anos e o C.R.Flamengo tentando reconquistar a América, conquista que se torna mais difícil e mais distante a cada participação pífia.

    Quando findou 2013 e o Flamengo se sagrou Tri-Campeão da Copa do Brasil, a direção sabia das limitações de um time que ganhou um título muito mais em função da saída do técnico Mano Menezes do que propriamente pela qualidade técnica do elenco, time limitado que começa com o apenas as vezes regular goleiro Felipe ao oportunista atacante Hernane, sabíamos com muita antecedência que era muito pouco para a Libertadores principalmente porque a cada participação o Flamengo consegue ser cada vez pior.

    Se o time estava no limite e isto era fato verdade pois escapou de qualquer chance de ser rebaixado no Brasileirão apenas na penúltima rodada, o time que engrenou na Copa do Brasil com a efetivação do inexperiente mas conhecedor de Flamengo o Jayme de Almeida, necessitava ser reforçado com jogadores de qualidade e experiência para a competição mais importante depois do Brasileirão, no entanto perdeu o Elias no meio-campo o mais regular jogador de todo elenco, fez algumas contratações sem nenhum impacto para pelo menos disputar a Libertadores afinal Elano, Erazo, Everton, Léo, Alecssandro, Feijão e cia não são de longe jogadores capazes de acrescentar algo que mudem a história de um jogo.

    Pior que isso foi manter Carlos Eduardo no time, um investimento alto que somente trouxe prejuízos financeiros ao clube, nos parece nem mesmo auto-estima este jogador possui capaz de se autoavaliar e pior do que a sua contratação foi a insistência em mantê-lo no time.

    O que podemos concluir é que ou a diretoria do Flamengo está impondo ao Jayme de Almeida a manutenção deste jogador no elenco ou o próprio Jayme em completa insanidade por sua conta e risco resolve escalá-lo em mais uma derrota para o fraquíssimo time do Bolivar em La Paz em mais uma derrota, não tanto pela resultado já esperado e sim um time sem futebol.

    Jayme de Almeida assinou sua demissão ou a diretoria será responsabilizada pela possível e eminente eliminação na Taça Libertadores das Américas?
    NIVALDO PEREIRA
    SALVADOR – BAHIA

  • NIVALDO PEREIRA

    Ilustres flamenguistas,

    Já se passam 32 anos e o C.R.Flamengo tentando reconquistar a América, conquista que se torna mais difícil e mais distante a cada participação pífia.

    Quando findou 2013 e o Flamengo se sagrou Tri-Campeão da Copa do Brasil, a direção sabia das limitações de um time que ganhou um título muito mais em função da saída do técnico Mano Menezes do que propriamente pela qualidade técnica do elenco, time limitado que começa com o apenas as vezes regular goleiro Felipe ao oportunista atacante Hernane, sabíamos com muita antecedência que era muito pouco para a Libertadores principalmente porque a cada participação o Flamengo consegue ser cada vez pior.

    Se o time estava no limite e isto era fato verdade pois escapou de qualquer chance de ser rebaixado no Brasileirão apenas na penúltima rodada, o time que engrenou na Copa do Brasil com a efetivação do inexperiente mas conhecedor de Flamengo o Jayme de Almeida, necessitava ser reforçado com jogadores de qualidade e experiência para a competição mais importante depois do Brasileirão, no entanto perdeu o Elias no meio-campo o mais regular jogador de todo elenco, fez algumas contratações sem nenhum impacto para pelo menos disputar a Libertadores afinal Elano, Erazo, Everton, Léo, Alecssandro, Feijão e cia não são de longe jogadores capazes de acrescentar algo que mudem a história de um jogo.

    Pior que isso foi manter Carlos Eduardo no time, um investimento alto que somente trouxe prejuízos financeiros ao clube, nos parece nem mesmo auto-estima este jogador possui capaz de se autoavaliar e pior do que a sua contratação foi a insistência em mantê-lo no time.

    O que podemos concluir é que ou a diretoria do Flamengo está impondo ao Jayme de Almeida a manutenção deste jogador no elenco ou o próprio Jayme em completa insanidade por sua conta e risco resolve escalá-lo em mais uma derrota para o fraquíssimo time do Bolivar em La Paz, não tanto pela resultado já esperado e sim um time sem futebol algum dentro de campo.

    Jayme de Almeida assinou sua demissão ou a diretoria será responsabilizada pela possível e eminente eliminação na Taça Libertadores das Américas?
    NIVALDO PEREIRA
    SALVADOR – BAHIA

  • NIVALDO PEREIRA

    NIVALDO PEREIRA disse:
    25 de fevereiro de 2014 às 13:51

    Jogo de Libertadores, o resultado para Flamengo X Emelec é vencer ou vencer.

    O Flamengo do inexperiente Jayme de Almeida terá que mostar as caras neste jogo e vencer a qualquer custo, obrigação é ganhar mas sobretudo com futebol convincente.

    Repetindo sempre:

    Do apenas regular goleiro Felipe ao brocador o oportunista Hernane não vejo muita chance no time do Jayme, hora do Hernane aparecer no jogo e fazer gols, hora do Elano mostrar para que veio, hora do time não continuar levando gols sob pena de ser eliminado ainda na 1ª fase da Libertadores.

  • o FLAMENGO nao da muito valor nos seus jogadores da base principalmente os que tem

    futuro,

    gosta de contratar porcarias muito caras,

    poderia contratar o camisa 10 do DEFENSOR e o brasileiro FELIPE GEDOZ pode dar certo,

    o 10 parece ser otimo jogador.

  • acabou o 1º tempo. aleluia o nosso camisa 10 fez 1 gol

    LUCAS MUGNI

    sabe jogar e bom jogador mais ele

    tem que ser dinamico se apresentar mais as jogadas o popular, BUSCAR O JOGO.

    ESCALAÇAO CONTRA O EMELEC

    ………………………………………………….1-FELIPE……………………………………………..

    ……2-LEO MOURA……………………..3-WALLACE………….4-SAMIR……..6-EWERTON……..

    ……………………………………….5-AMARAL…………………8-CACERES……………………..

    …………….7-GABRIEL……………………10-MUGNI………………….11-PAULINHO…………….

    ……………………………………………………9-HERNANE…………………………………………

    de liberdade para o LEO MOURA para o AMARAL cobrir.

    para fazer o papel do camisa 10 o JAIME tera 3 opçoes

    CARLOS EDUARDO que todo mundo conhece

    ELANO e bom nas bolas paradas

    MUGNI que para mim e a melhor opçao ,

    apesar dos 3 serem muito devagar.

    boa tarde.

MaisRecentes

Apesar de erro da arbitragem, Flamengo não merecia vencer



Continue Lendo

Zé Ricardo foi muito corajoso, e Flamengo sai fortalecido



Continue Lendo

Zé Ricardo revela-se um grande estrategista



Continue Lendo