Experiência que deu liga ao time de Mano



O primeiro Fla-Flu no retorno ao Maraca não poderia ser melhor para os rubro-negros. Enfim, o time mostrou em campo o que tanto a torcida queria. Além da boa atuação, o placar de 3 a 2 coroou o empenho dos atletas e ainda rendeu um troféu, mesmo que simbólico pela patrocinadora do clube.

Foi nítida a evolução da equipe, mesmo que ainda tímida, com a entrada de uma peça experiente na criação. Com a opção de Mano por André Santos no meio de campo, e mesmo com uma mudança de esquema, do 4-3-1-2, para o tradicional 4-4-2, o time teve uma atuação como não havia tido há tempos nesta temporada.

Mesmo com a improvisação do lateral-esquerdo como um camisa dez, o Rubro-Negro passou a trocar passes mais rápidos, além de não dar espaço para o Fluminense. A equipe mostrou superioridade em toda a primeira etapa e mesmo com a falha de Wallace, que deu a bola de bandeja para o Tricolor abrir o placar os rubro-negros não se abalaram. Pelo contrário, o tento adversário deu mais gás à equipe. Além disso os jogadores mostraram maturidade, colocaram a cabeça no lugar e conduzir a virada no placar de forma natural.

No segundo tempo a superioridade prevaleceu, porém, o time soube segurar o resultado e jogar nos contra-ataques. No fim, com o resultado praticamente garantido a equipe descuidou-se e levou o segundo gol, o A partida só não teve ares de dramaticidade pois o juiz terminou a partida logo em seguida.



  • LUCAS

    o flamengo é o rei de clássicos, porque quase todos os clássicos disputados pelo o Mengão o time venceu viu?

MaisRecentes

Apesar de erro da arbitragem, Flamengo não merecia vencer



Continue Lendo

Zé Ricardo foi muito corajoso, e Flamengo sai fortalecido



Continue Lendo

Zé Ricardo revela-se um grande estrategista



Continue Lendo