Talento derruba tabus em Minas



Com apenas quatro toques, o Flamengo pulverizou os dois tabus que cercavam o jogo contra o Cruzeiro e se manteve na vice liderança do Campeonato Brasileiro, na cola do Corinthians. O triunfo em terras mineiras, o primeiro após 2001, começou com Léo Moura, ainda no campo de defesa, passou por Thiago Neves, depois Ronaldinho e terminou com a conclusão fria e precisa de Deivid.

Toda a jogada aconteceu pelo lado direito do ataque rubro-negro, onde o time tem se saído bem. A ausência de jogadas por ali no confronto de ontem pôde ser explicada basicamente pela mudança no sistema de jogo. Sem Willians, que costuma cair pelo setor, o Flamengo teve uma linha ofensiva com três jogadores.

Enquanto Ronaldinho e Thiago Neves se movimentavam, Bottinelli, discreto, não encontrou o seu posicionamento em campo. Com paciência, o Flamengo teve de tocar a bola e esperar por um lance individual de algum de seus jogadores em uma partida marcada por poucas chances de gols.

O Cruzeiro foi ao ataque e Vanderlei Luxemburgo optou pela cautela, lançando Fierro na vaga de
Deivid. Mesmo com a 1 a 0, o treinador não quis desafiar a lógica dos últimos sete resultados favoráveis ao Cruzeiro. Precaução aliada ao talento e eficiência de seus atacantes, que renderam a oitava vitória.



  • Ciro Martins

    O jogo não foi tão bonito como eu esperava. Eu, e muita gente também, estavamos esperando um jogo muito técnico como Flamengo e Santos, com mais gols, mas o resultado foi excelente num jogo muito escamado, decidido num lance com a participação do gênio Ronaldinho que foi super marcado e que mostrou também que tem um força física impressionante. E concordo com você meu caro Eduardo, o Botinelli foi o ponto negativo do time, e mostrou que ainda não pode ser titular no time, mas se o Piti Bull estivesse em campo nossa vitória teria sido mais fácil. E o time mostrou que é um time maduro, e um visitante muito indigesto. É um time terrível para ser batido, é só não digo que está com pinta de campeão porque é um time que joga para fazer um a zero e depois recua todo para garantir o resultado. Mas tá na briga, e já está bom demais! Um grande abraço. SRN

  • CHARLES FLA

    Esse flamengo vai fazer historia vcs vao ver, vai ser campeao invicto ..

  • Flávio Andrade

    Concordo com que o Ciro disse, o jogo não foi tão bom quanto foi o jogo diante do Santos.
    O jogo foi muito preso tecnicamente, o Cruzeiro tentava com bolas alta na área ou senão era com Montillo tentando fazer jogadas individuais.
    Mas ponto o forte do Flamengo nesse jogo foi a marcação,destaco a eficiência do Airton,sempre ali colado com o Montillo não dando chances para fazer jogadas de perigo.
    Outro ponto forte do Flamengo foi saber jogar contra um time perigoso como é o Cruzeiro,jogando nos contra-ataques, uma dessas jogadas saiu o gol do Deivid.
    O time do Flamengo está muito bem postada em campo, méritos do Luxemburgo que está sabendo aproveitar o potencial e características de cada jogador.
    Vamos Flamengo,Vamos ser campeão,Vamos Flamengo.

    Um abraço a todos e Saudações Rubro-Negras.

  • Paulo Pinheiro

    Minhas notinhas:

    * A bola aérea continua sendo o ponto fraco do time. Tanto no ataque como na defesa. Alô, Luxemburgo! Corrige isso logo que pode ser fatal para as pretensões. Não é brincadeira, não.
    * Negueba faz falta. Quando o Flamengo está na frente do placar ele entra pra preocupar o setor defensivo do adversário, que passa a atacar menos, ou abrir a chance de mais gols do Mengo.
    * O Júnior César entrou no espírito da equipe. Como se dedica! Como corre! E não se intimida enfrentando adversários bem mais fortes (fisicamente).

    • Flávio Andrade

      Paulo Pinheiro, discordo de você, O Flamengo ontem mostrou a marcação como ponto forte, quantas vezes o Cruzeiro cruzava as bolas e errava, várias vezes.
      A zaga de ontem foi muito mais consistente do que nos outros jogos, pra mim o único que tem que tirar da defesa é o Wellitom que está sendo o Junior Baiano do século 21,só faz lambança.
      O resto a nossa defesa está perfeita,num ponto concordo com você, O Negueba está fazendo muita falta.

      Um abraço e Saudações Rubro-Negras.

  • Marcio Machado

    O jogo não foi tão bom e brilhante, como o de semana passada mas, já era óbvio que isso não iria acontecer. Aquele papo da raposa pro Mengão ir pra cima como fez no jogo contra o Santos, era tudo que eles queriam e tudo que o Mengão comandado por Luxa não fez. Esquecem que do lado de cá, a malandragem carioca entorta as pernas de qualquer raposa que venha com papo mole. Mas, o que realmente interessa são os 3 pontos computados e a temporada de caça ao líder está melhor a cada rodada. Abrçs a todos do universo chamado Flamengo!

  • Robson

    Concordo com os colegas que falaram que o jogo não foi tão bom quanto ao do Santos, mas já era esperado, não temos como comparar o time do cruzeiro com o santos. O time do santos joga e deixa jogar, enquanto o cruzeiro se retrancou, ainda mais com Joel de técnico. Joel pensou em jogar no contra-ataque, mas o time do Flamengo está muito maduro, mantendo a posse de bola, trabalhando e não entrando em jogo de correria deles. Ontem nossa zaga foi muito bem, o Luxa deixou o time fechadinho atrás (bem que o Airton poderia só jogar bola sem tomar um monte de cartões, pois consegue se posicionar muito bem, cobrindo os dois lados), Junior Cesar encaixou (até que enfim temos um lateral esquerdo decente), o time todo volta para fechar os espaços sem a bola. Tá dando muito gosto de ver o Flamengo jogando mantendo a bola e não rifando com chutões. E no ataque temos Ronaldinho e Thiago Neves, que resolvem o jogo. E quem dizia que o Flamengo não tinha centroavante, a jogada do Ronaldinho foi toda de pivô no lance do gol. Que continuemos assim.

  • Rogério – Decão

    O Mengão está embalando e ainda faltam alguns detalhes,como a defesa por exemplo.Mas a vitória de ontem colocou o time de vez na disputa pelo Título Brasileiro.Acho pouco provável que seja invicto,mas tudo bem,o que interessa é o HEPTA.Saudações Rubro-Negras.

  • O Flamengo jogou como time grande q de fato é e sempre foi, a diferença é q não entrou no joguinho traiçoeiro q a raposa vem todo ano levando vantagem, o Fla foi malandro e como dizia o saudoso Bezerra ‘malandro é malandro e mané é mané’.
    Pinta de campeão já q 1×0 fora do Rio é goleada e ainda mais no Cruzeiro, não foi com esse placar q os bambis levaram 3 seguidos, a gente não deve se queixar, tem q apoiar pq esse ano é hepta.
    Tenho 3 considerações a fazer:
    1- a atuação do Aírton tem sido de gala após a “dura” q teve do Luxa e me arrisco a dizer q será aquele de 2009 q jogava duro, mas limpo;
    2- Thiago Neves fez o básico, mas essencial e o R10 apareceu quando tinha q aparecer;
    3- Deivid fez sua parte, mas tem q parar com essa palhaçada de comemorar desacatando a torcida, senão ele nunca terá nossa admiração.

    SRN, noix hepta 2011

  • Rodrigo

    O flamenguinho é uma piada, tb tenho o humorista Ronanldinho….kkkkkk……pensa que vai conquistar alguma coisa….hahahahah…..time mediocre!!!!

    • Flávio Andrade

      Rodrigo,Vamos ver até o final do Brasileiro.

      Um abraço.

      E saudações Rubro-Negras.

MaisRecentes

Zé Ricardo foi muito corajoso, e Flamengo sai fortalecido



Continue Lendo

Zé Ricardo revela-se um grande estrategista



Continue Lendo

Por que não? Zé Ricardo merece chance para mostrar trabalho



Continue Lendo