Você sabia? O primeiro gol da história do Palmeiras foi feito por um corinthiano



Imagens dos jogadores do Savoia e Palmeiras, em janeiro de 1915. Foto: Palmeiras

Imagens dos jogadores do Savoia e Palmeiras, em janeiro de 1915. Foto: Palmeiras

 

Rivais dentro de campo, a ligação histórica entre Palmeiras e Corinthians começou no dia 24 de janeiro de 1915, data que o então Palestra Itália entrou em campo pela primeira vez. Na oportunidade, a equipe, que havia sido fundada cinco meses antes, enfrentou o Sport Club Savoia no Campo do Castelão, na atual cidade de Votorantim (na época um distrito de Sorocaba), e venceu por 2 a 0, iniciando com pé direito sua vencedora trajetória centenária.

 

Campo do Castelão, palco do jogo histórico. Foto: Palmeiras

Campo do Castelão, palco do jogo histórico. Foto: Palmeiras

 

De um pênalti originado após, em tese, um toque de mão, o primeiro gol da história do Palestra veio dos pés do zagueiro Bianco, jogador que curiosamente pertencia ao Sport Club Corinthians Paulista. Alias, além dele, Fúlvio, Police, Américo e Amílcar foram outros jogadores do alvinegro que também vestiram a camisa do Palestra naquela histórica partida. Todos eles eram de origem italiana e aceitaram o convite dos “Palestrinos” feito no jornal “Fanfulla”, tradicional veículo de comunicação da Comunidade Italiana no Brasil.

 

O zagueiro Bianco, autor do primeiro gol do Palestra Itália. Foto: Palmeiras

O zagueiro Bianco, autor do primeiro gol do Palestra Itália. Foto: Palmeiras

Vale lembrar, porém, que ter atletas de outras equipes era praxe na época. Tanto que o diversas outras equipes paulistas também utilizavam jogadores emprestados durante seus primeiros anos.

 

 

Bianco em definitivo no Palestra

Ainda em 1915, Bianco deixa o Corinthians e passa a atuar definitivamente pelo Palestra Italia, depois de uma breve passagem pelo Mackenzie College. Capitão do alviverde por mais de uma década, chegou a brilhar também com a Seleção Brasileira, sendo um dos melhores jogadores na conquista do Campeonato Sul-americano de 1919. Ao encerrar a carreira, tornou-se treinador. Nessa função, sagrou-se campeão paulista pelo Palmeiras em 1944. Faleceu no dia 18 de agosto de 1966.

 



MaisRecentes

Por onde andam os últimos artilheiros da Copinha?



Continue Lendo

Quais são as equipes com mais títulos no Nordeste?



Continue Lendo

Quais eram as contratações dos gigantes paulistas há exatos 10 anos?



Continue Lendo