Você sabia? Apenas cinco clubes já venceram a Seleção Brasileira



6 de Outubro de 1976 - Amistoso - Estádio Maracanã - Flamengo 2 x 0 Brasil

Em 1976, o Flamengo venceu o Brasil por 2 a 0. Foto: Baú do Futebol

 

Sem considerar disputas contra combinados, seleções estaduais ou jogos da seleção olímpica, o Dublin (URU), Santa Cruz, Arsenal (ING), Atlético Mineiro e Flamengo são os únicos clubes que conseguiram vencer a Seleção Brasileira de Futebol Masculino em seus 103 anos de história.

 

Ao todo, de 1914 a 2017, foram 70 partidas contra clubes em que o Brasil jogou respeitando as regras de uma partida oficial. A mais recente foi contra o Sevilla, na Espanha, em 2005, por ocasião do centenário do clube espanhol.

 

27 de janeiro de 1918 – BRASIL 0 x 1 Dublin Football Club (Uruguai)
Estádio: Campo do Botafogo, no Rio de Janeiro

Uniforme inusitado que seleção brasileira jogou aquela partida.

Uniforme inusitado que seleção brasileira jogou aquela partida.

O Dublin foi um clube de futebol uruguaio que deve grande expressão durante a época amadora. Reforçada com jogadores do Nacional FC e Montevidéu Wanderers, a equipe de Montevidéu, extinta em 1923, bateu o Brasil por 1 a 0, gol do avançado Rodolfo Marán.

BRASIL – Marcos; Vidal, Chico Neto; Police, Amílcar, Ítalo; Formiga, Dias, Friedenreich, Neco e Rodriagues. Técnico: Amílcar

Dublin Football Club – Mangarinos; Montes, Urdinaran; Conture, Orizaia, Vanzino; Carbone, Scarone, Bronzillo, Romano e Maran. Técnico:  J. C. Pachintesta

GOL – Dublin : Maran

 

10 de outubro de 1934 – BRASIL 2 x 3 Santa Cruz
Estádio: Campo da Avenida Malaquias, Recife

Parte da equipe do Santa Cruz que venceu o Brasil. Foto: Baú do Futebol

Parte da equipe do Santa Cruz que venceu o Brasil. Foto: Baú do Futebol

A Seleção Brasileira, após finalizar sua participação na Copa do Mundo de 1934, permaneceu em Recife para realizar uma série de amistosos. Com uma vitória por 3 a 2, gols de Zezé (2 vezes) e Sidinho, o Santa Cruz foi o primeiro time do Brasil a conseguir derrotar a Seleção.

BRASIL – Pedrosa; Rogério, Vicente; Ariel, Martim Silveira, Canalli; Átila, Waldemar de Brito, Leônidas da Silva, Armandinho e Patesko. Técnico: Carlito Rocha

Santa Cruz– Dadá; Marcionilo, João Martins; Zezé, Furlan, Ernani; Valfrido, Lauro, Chinês, Sidinho e Estevam. Técnico: Ilo Just

GOLS – Brasil: Waldemar de Brito e Patesko
Santa Cruz: Zezé (2 gols) e Sidinho.

 

16 de novembro de 1965 – BRASIL 0 x 2 Arsenal (Inglaterra)
Estádio: Highbury Stadium, em Londres

Foto da equipe Brasil/Corinthians, em 1965

Foto da equipe Brasil/Corinthians, em 1965

No lendário estádio Highbury, o Brasil, que na época foi representado pela equipe do Corinthians, perdeu para o Arsenal pelo placar de 2 a 0, com direito a uma exibição de gala do meio-campista Jon Sammels.

 

BRASIL – Marcial; Galhardo (Jair Marinho), Eduardo, Clóvis, Édson “Cegonha”; Dino Sani, Rivelino, Marcos, Flávio; Ney e Geraldo (Gílson Porto). Técnico: Oswaldo Brandão

Arsenal – Burns (Fornell); Howe, Storey, Neil; Curt, McLintock; Skirton, Sammels, Baker, Eastham e Armstrong. Técnico: Billy Wright

GOLS – Arsenal: Sammels (2 gols)

 

3 de setembro de 1969 – BRASIL 1 x 2 Atlético-MG
Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte

Equipe do Atlético-MG enfileirada antes da partida.

Equipes do Brasil e do Atlético-MG enfileiradas antes da partida.

Vestindo a camisa vermelha da seleção mineira – por exigência da Confederação Brasileira de Desportos (CBD) – o Atlético venceu o Brasil por 2 a 1, diante de mais de 71 mil torcedores no Mineirão. O jogo, além de fazer parte da celebração do 147º Aniversário da Independência do Brasil, era uma festividade a classificação do Brasil para a Copa do Mundo de 1970.

 

BRASIL – Félix; Carlos Alberto Torres; Djalma Dias, Joel Camargo, Rildo (Everaldo); Piazza, Gérson (Rivelino); Jairzinho, Tostão (Zé Carlos), Pelé e Edu (Paulo César Caju). Técnico: João Saldanha

Atlético-MG – Mussula; Humberto, Grapete, Normandes (Zé Oto), Cincunegui (Vantuir); Amauri (Beto), Oldair; Vaguinho, Dario, Lacy e Tião (Caldeira). Técnico: Yustrich

GOLS – Brasil: Pelé
Atlético-MG: Amauri e Dario

 

6 de outubro de 1976 – BRASIL 0 x 2 Flamengo

6 de Outubro de 1976 - Amistoso - Estádio maracanã - Flamengo 2 x 0 Brasil

Foto: Baú do Futebol

Com o objetivo de arrecadar fundos para a família do meia Geraldo, que havia falecido alguns dias antes, a Seleção Brasileira perdeu para o Flamengo por 2 a 0, em um jogo que marcaria a última vitória de um clube sobre a seleção canarinha.

BRASIL – Félix (Leão); Carlos Alberto Torres (Wladimir), Marinho Peres (Zé Maria), Piazza (Beto Fuscão), Marco Antônio (Rodrigues Neto); Clodoaldo (Givanildo), Rivelino (Ademir da Guia); Jairzinho (Gil), Pelé (Dario), Paulo César Caju (Neca) e Edu (Valdomiro). Técnico: Oswaldo Brandão

Flamengo – Cantarelli; Dequinha, Jaime (Andrade), Rondinelli (Paolino), Júnior; Merica (Zé Roberto), Tadeu (Dendê), Luís Paulo (Júlio César); Paulinho (Adílio), Zico (Júnior Brasília) e Luizinho (Marciano). Técnico: Cláudio Coutinho

GOLS – Flamengo: Paulinho e Luís Paulo



MaisRecentes

Inter é o clube que mais revelou brasileiros para a Liga dos Campeões 2017/18



Continue Lendo

Charles Miller era corintiano? Nós checamos



Continue Lendo

Desde 2003, nunca um campeão brasileiro perdeu três rodadas seguidas



Continue Lendo