Quem são os artilheiros do Brasil no futebol olímpico?



Bebeto e Romário juntos em 1988. Foto: EFE

Bebeto e Romário juntos em 1988. Foto: EFE

 

O futebol nos Jogos Olímpicos foi o segundo esporte coletivo a entrar oficialmente na grade da competição, ficando atrás apenas do polo aquático, em 1908.

 

A primeira participação do futebol brasileiro aconteceu na Olimpíadas de 1952, em Helsinque, representada por um time de jogadores amadores, como era o padrão da época. Desde então foram 15 participações do futebol masculino e 5 do feminino.

 

Sobre artilharia no masculino, que estreia hoje, 4, contra a Africa do Sul,  o ex-atacante Bebeto ainda é o maior artilheiro brasileiro nos Jogos, com oito gols marcados. Ele marcou 2 gols nos Jogos Olímpicos de 1988 e terminou o torneio de 1996, quando foi convocado entre os 3 acima dos 23 anos, empatado na artilharia com Hernan Crespo, da Argentina, com 6 gols.

 

Companheiro de Bebeto no ataque tetracampeão mundial, o baixinho Romário é o segundo na lista. Com apenas 23 anos, o atacante fez sete gols na edição de 1988, quando o Brasil perdeu a decisão para a União Soviética. Até hoje, ele é o recordista de gols em uma única edição do torneio olímpico.

 

Por fim, Leandro Damião completa o top 3. Na época atleta no Internacional, ele marcou seis vezes no torneio de 2012, sendo um gol na estreia, contra o Egito, outro contra a Nova Zelândia, dois contra Honduras e dois contra a Coreia do Sul, na semifinal.



MaisRecentes

6 craques que se aposentaram em 2018 e você nem percebeu



Continue Lendo

Como estava o mercado da bola há exatos 10 anos?



Continue Lendo

6 quarentões que você pensava que já haviam se aposentado



Continue Lendo