Operários de patrocinadora da Juve farão greve por causa de Cristiano Ronaldo



 

 

A transferência de Cristiano Ronaldo para a Juventus causou um tumulto sério na Fiat, um dos principais patrocinadores do clube. Segundo informações do jornal italiano “La Gazzetta dello Sport”, o sindicato dos trabalhadores da empresa anunciou que os funcionários entrarão em greve por dois dias (de 15 a 17 de julho) devido à contratação do português.

“Não é aceitável que os trabalhadores continuem a fazer enormes sacrifícios econômicos, enquanto a companhia gasta milhões de euros num jogador. Eles dizem às famílias para apertarem cada vez mais o cinto e eles decidem investir tanto dinheiro num jogador. Acham isso justo? É normal uma pessoa ganhar milhões, enquanto milhares de famílias a meio do mês já não têm quase dinheiro?”, diz parte do comunicado divulgado à imprensa.

Nota divulgada pelo sindicato

 

A Velha Senhora desembolsará cerca de 100 milhões de euros para contar com o jogador. De acordo com o site “Football-Italia”, parte desse valor será financiado pela Exor, empresa que pertence a montadora de veículos.



MaisRecentes

Entre mundiais, Brasil manteve o técnico apenas uma vez na história



Continue Lendo

Alisson está entre os goleiros com menos defesas na Copa



Continue Lendo

A Fifa paga aos clubes que cedem jogadores à Copa do Mundo?



Continue Lendo