Loco Abreu é realmente o jogador mais rodado do mundo? Nós checamos



Loco Abreu na apresentação no Puerto Montt, em junho.

 

Aos 41 anos, o centroavante Sebastián Abreu, o Loco Abreu ganhou as manchetes do futebol ao assinar Puerto Montt, do Chile, e quebrar uma marca no mundo do futebol com a 30ª transferência de sua carreira.

 

Porém, o blog Gol de Canela FC  quis descobrir se tal número seria suficiente para tornar o uruguaio realmente o jogador mais rodado do mundo. Confira:

 

 

Números verdadeiros, mas sem Guinness

 

Em primeiro lugar, é importante destacar que os números destacados por El Loco são, de fato, verdadeiros. Profissional desde 1994, ele acumula 30 transferências entre 25 camisas diferentes, incluindo quatro só aqui do Brasil: Grêmio, Botafogo, Figueirense e Bangu.

 

 

As transferências de Sebastián Abreu
1994 > revelado pelo Defensor Sporting (URU)
1996 > negociado ao San Lorenzo (ARG)
1998 > negociado ao Deportivo La Coruña (ESP)
1998 > emprestado ao Grêmio (BRA)
1999 > emprestado ao Tecos (MÉX)
2000 > emprestado ao San Lorenzo (ARG)
2001 > emprestado ao Nacional (URU)
2002 > emprestado ao Cruz Azul (MÉX)
2003 > emprestado ao Nacional (URU)
2004 > negociado em definitivo ao Nacional (URU)
2005 > negociado ao Dorados de Sinaloa (MÉX)
2006 > negociado ao Monterrey (MÉX)
2006 > negociado ao San Luis (MÉX)
2007 > negociado ao Tigres (MÉX)
2008 > emprestado ao River Plate (ARG)
2008 > negociado ao Beitar Jerusalén (ISR)
2008 > negociado ao River Plate (ARG)
2009 > negociado ao Real Sociedad
2009 > negociado ao Aris Salónica (GRE)
2010 > negociado ao Botafogo (BRA)
2012 > emprestado ao Figueirense (BRA)
2013 > negociado ao Nacional (URU)
2013 > emprestado ao Rosário Central (ARG)
2015 > emprestado ao Aucas (EQU)
2015 > retorno ao Nacional (URU)
2016 > negociado ao Sol de América (PAR)
2016 > negociado ao Santa Tecla (ELS)
2017 > negociado ao Bangu (BRA)
2017 > negociado ao Central Espanñol (URU)
2017 > negociado ao Puerto Montt (CHI)

NÚMERO DE TRANSFERÊNCIAS: 30
TEMPO MÉDIO PARA CADA TRANSFERÊNCIA: 9,2 meses

 

 

Porém, o recorde não está no Guinness, o Livro dos Recordes, uma vez que a categoria de jogador com mais clubes na carreira não existe no livro. Para tal feito, os interessados precisam comprovar todas as transferências, com documentos oficiais, e solicitar a criação da nova categoria.

 

 

Outros recordistas

Finazzi com a camisa do Itapirense-SP, seu último clube

 

Deixando o Guinness de lado, outro fator importante a se destacar está em analisar a carreira de outros andarilhos do futebol. Aqui no Brasil mesmo, por exemplo, encontramos o nome de Alexandre Silveira Finazzi, que é, sem dúvida, um dos jogadores mais rodados da história do futebol brasileiro e até mundial. Com passagens por clubes como São Paulo, Atlético-PR e Corinthians, o ex- atacante possui incríveis 35 transferências em toda sua carreira profissional, cinco a mais que Sebastián Abreu.

Aposentado desde 2014, o mais curioso dos números de Finazzi é que ele iniciou a carreira mais tarde do que de costume, aos 23 anos. Assim, se dividirmos as 35 transferências com seus 204 meses de atividade (17 anos), o tempo médio para cada uma de suas transferências é de apenas 5,8 meses.

 

As transferências de Finazzi
1991 > revelado pelo Guarani
1996 > volta aos gramados e profissionalização pelo São Paulo
1997 > negociado ao Botafogo-SP
1997 > emprestado ao Rio Branco-MG
1998 > emprestado ao Novo Hamburgo
1999 > negociado ao Goiânia
1999> emprestado ao Gama
2000 > retorno ao Goiânia
2000 > emprestado ao Sochaux (FRA)
2001 > emprestado ao Goiânia
2001 > negociado ao Vila Nova-GO
2001 > negociado ao Fortaleza
2002 > negociado ao Goiás
2003 > negociado ao Omiya Ardija (JAP)
2003 > negociado ao Fortaleza
2004 > negociado ao Santa Cruz
2005 > negociado ao América-SP
2005 > negociado ao Paulista-SP
2005 > negociado ao Atlético-PR
2006 > negociado ao Fortaleza
2007 > negociado a Ponte Preta
2007 > negociado ao Corinthians
2008> negociado ao São Caetano
2009 > negociado ao Mirassol
2009 > negociado ao Mixto-MT
2009 > negociado a Ponte Preta
2010 > negociado ao Fortaleza
2010 > negociado ao Bragantino
2010 > negociado ao Remo
2011 > negociado ao Anapolina
2011 > negociado ao Bragantino
2012 > negociado ao XV de Jaú
2012 > negociado ao Goiânia
2013 > negociado ao Poços de Caldas
2013 > negociado ao Rio Verdense-GO
2014 > negociado ao Itapirense-SP

NÚMERO DE TRANSFERÊNCIAS: 35
TEMPO MÉDIO PARA CADA TRANSFERÊNCIA: 5,8 meses

 

 

Assim, é certo afirma que Loco Abreu não é o jogador mais rodado do mundo, nem possui o recorde de jogador que mais jogou em países diferentes (Este feito ainda pertence ao ex-goleiro alemão Lutz Pfannenstiel, que passou por 25 equipes em 13 países, incluindo o Brasil, onde vestiu a camisa do Atlético de Ibirama-SC).

 

Todavia, a ausência do recorde não diminui a peregrinação do veterano uruguaio. Com quase 23 anos de carreira, El loco segue balançando as redes pelo mundo a fora. No Puerto Montt ele é um dos artilheiros da Primeira B, equivalente a segunda divisão, com 11 gols marcados. Seu contrato acaba no final desta temporada.

 



MaisRecentes

Quem são os maiores carrascos dos gigantes paulistas no século XXI?



Continue Lendo

1957 – A passagem esquecida de Pelé com a camisa do Vasco



Continue Lendo

Brasileirão – Gilson Kleina iguala recorde de participações em rebaixamentos



Continue Lendo