Há 91 anos, um clube brasileiro jogava na Europa pela primeira vez



paulistano_jogo22-03-1925

Equipe do Paulistano na França, em 1925.

 

O primeiro clube brasileiro a jogar na Europa foi o Club Athletico Paulistano no ano de 1925, após o presidente do clube, Antônio da Silva Prado Filho, negociar diretamente com a Federação Francesa de Futebol a possibilidade de uma excursão.
Considerado uma potência do futebol paulista, o Paulistano, dono de oito títulos estaduais na época, embarcou em Santos, a bordo do vapor “Zeelandia”, no dia 10 de fevereiro de 1925, com rumo à Normandia, na França. A delegação, comandada pelo dirigente Orlando Pereira, foi composta por 21 jogadores, sendo quatro destes emprestados de outros clubes, além de dois jornalistas chamados para acompanhar os jogos.
Foram quase três semanas de viagem. Após o desembarque em território francês, os brasileiros pegaram um trem em direção à Gard du Nord, em Paris, onde foram recepcionados por Souza Dantas, embaixador do Brasil na França, que ofereceu-lhes um banquete. Horas depois, a equipe realizou uma série de treinamentos na floresta de Saint Cloud antes do primeiro jogo, marcado para o dia 15 de março.

Os jogos

Friedenreich (com a bola) e Junqueira em ação pelo Paulistano na Europa.

Friedenreich (com a bola) e Junqueira em ação pelo Paulistano na Europa. Foto: Literatura na Arquibancada

Liderados por Friedenreich, o primeiro jogo foi um massacre brasileiro em cima do selecionado francês: 7 a 2, resultado esse que encheu os olhos dos telespectadores que achavam os brasileiros muito pequenos para a pratica do futebol.
Depois desse jogo, a equipe realizou outros nove jogos pela Europa e somou um surpreendente cartel: Nove vitórias e apenas uma derrota, o que fez os brasileiros serem intitulados como os “reis do futebol”.

15/03/1925 (Paris) Paulistano 7 X 2 Selecionado da França
22/03/1925 (Paris) Paulistano 3 X 1 Stade Français
28/03/1925 (Cette) Paulsitano 0 X 1 Cette
02/04/1925 (Bordeaux) Paulistano 4 X 0 Bastidienne
04/04/1925 (Havre) Paulistano 2 X 1 Havre/Normandie XI
10/04/1925 (Strasbourg) Paulistano 2 x 1 Strasbourg
11/04/1925 (Berna) Paulistano 2 X 0 Auto Tour
13/04/1925 (Zurich) Paulistano 1 X 0 Seleção da Suiça
19/04/1925 (Rouen) Paulistano 3 X 2 Rouen
*28/04/1925 (Lisboa) – Paulistano 6 X 0 Selecionado de Portugal

*Nesse último jogo, a equipe do paulistano teve que se retirar de campo 15 minutos antes do final para não perder o navio de retorno ao Brasil.

 

A chegada ao Brasil e a consagração

Em Recife, os brasileiros foram recepcionados com festa.

Em Recife, os brasileiros foram recepcionados com festa.

Com os expressivos resultados, o Paulistano retornava ao Brasil consagrada, com destaque para o artilheiro Friedenreich, autor de onze gols. De Recife, local do desembarque, à  São Paulo, os “reis do futebol” tiveram uma recepção que até então nenhuma equipe brasileira havia recebido.

Elenco do Paulistano em 1925

Simbolo_Paulistano

 

 

 

Chefe da delegação: Orlando Pereira
Goleiros – Nestor e Kuntz
Defensores: Clodoaldo, Caetano, Guarani e Barthô
Meios- campistas: Sergio, Nondas, Abatte, Juan e Maurilio
Atacantes: Filó, Mario, Friendeirench, Seixas e Netinho

Jogadores emprestados
Santos F.C.– Araken Patusca
C. R. Flamengo – Junqueira e Seabra
Ypiranga – Miguel Feite

Jornalistas que acompanharam a excursão
Américo Neto do jornal (O Estado de São Paulo)
Mário Vespaziano de Macedo (Jornal São Paulo Esportivo)



MaisRecentes

Como estava o mercado da bola há exatos 10 anos?



Continue Lendo

6 quarentões que você pensava que já haviam se aposentado



Continue Lendo

Conheça os árbitros que mais marcaram pênaltis na história do Brasileirão



Continue Lendo