Entre mundiais, Brasil manteve o técnico apenas uma vez na história



Foto: AFP

Caso fique no comando da Seleção Brasileira até a Copa de 2022, no Catar, Tite poderá alcançar um feito quase raro na história da amarelinha. Até a edição de 2018, apenas um técnico foi mantido no cargo de maneira ininterrupta em duas edições seguidas de Copa do Mundo. O caso aconteceu em 1974, com Zagallo, treinador campeão em 1970.

No total, em 12 oportunidades o treinador da Seleção deixou o cargo logo após a disputa da competição, independente do resultado conquistado. Nas demais, com a exceção do caso de Zagallo, o comandante chegou a ser mantido por mais algum tempo, mas não até a Copa seguinte.

 

Técnicos da Seleção Brasileira em Copas:

Copa de 1930: Píndaro de Carvalho (Substituído por Luís Vinhaes em 1931)
Copa de 1934: Luís Vinhaes (Substituído por Armindo Nobs Ferreira em 1934)
Copa de 1938: Ademar Pimenta (Substituído por Carlos Nascimento* em 1939)
Copa de 1950: Flávio Costa (Substituído por Zezé Moreira* em 1952)
Copa de 1954: Zezé Moreira (Substituído por Vicente Feola* 1955)
Copa de 1958: Vicente Feola (Substituído por Gentil Cardoso* em 1959)
Copa de 1962: Aymoré Moreira (Substituído por Vicente Feola em 1964)
Copa de 1966: Vicente Feola (Substituído por Aymoré Moreira* em 1967)
Copa de 1970: Zagallo
Copa de 1974: Zagallo (Substituído por Osvaldo Brandão em 1975)
Copa de 1978: Cláudio Coutinho (Substituído por Telê Santana em 1980)
Copa de 1982: Telê Santana (Substituído por Carlos Alberto Parreira em 1982)
Copa de 1986: Telê Santana (Substituído por Carlos Alberto Silva em 1987)
Copa de 1990: Sebastião Lazaroni (Substituído por Paulo Roberto Falcão em 1990)
Copa de 1994: Carlos Alberto Parreira (Substituído por Zagallo em 1994)
Copa de 1998: Zagallo (Substituído por Vanderlei Luxemburgo em 1998)
Copa de 2002: Luiz Felipe Scolari (Substituído por Carlos Alberto Parreira em 2002)
Copa de 2006: Carlos Alberto Parreira (Substituído por Dunga em 2006)
Copa de 2010: Dunga (Substituído por Mano Menezes em 2010)
Copa de 2014: Luiz Felipe Scolari (Substituído por Dunga em 2014)
Copa de 2018: Tite

 

*Técnicos provisórios

 

Curta Gol de Canela no Facebook



MaisRecentes

Conheça 7 falsos jogadores que quase reforçaram grandes clubes



Continue Lendo

Entenda por que Walter ainda tem vínculo com o Porto até 2019



Continue Lendo

Jair Ventura é o 21º treinador do Corinthians no século



Continue Lendo