Entre mundiais, Brasil manteve o técnico apenas uma vez na história



Foto: AFP

Caso fique no comando da Seleção Brasileira até a Copa de 2022, no Catar, Tite poderá alcançar um feito quase raro na história da amarelinha. Até a edição de 2018, apenas um técnico foi mantido no cargo de maneira ininterrupta em duas edições seguidas de Copa do Mundo. O caso aconteceu em 1974, com Zagallo, treinador campeão em 1970.

No total, em 12 oportunidades o treinador da Seleção deixou o cargo logo após a disputa da competição, independente do resultado conquistado. Nas demais, com a exceção do caso de Zagallo, o comandante chegou a ser mantido por mais algum tempo, mas não até a Copa seguinte.

 

Técnicos da Seleção Brasileira em Copas:

Copa de 1930: Píndaro de Carvalho (Substituído por Luís Vinhaes em 1931)
Copa de 1934: Luís Vinhaes (Substituído por Armindo Nobs Ferreira em 1934)
Copa de 1938: Ademar Pimenta (Substituído por Carlos Nascimento* em 1939)
Copa de 1950: Flávio Costa (Substituído por Zezé Moreira* em 1952)
Copa de 1954: Zezé Moreira (Substituído por Vicente Feola* 1955)
Copa de 1958: Vicente Feola (Substituído por Gentil Cardoso* em 1959)
Copa de 1962: Aymoré Moreira (Substituído por Vicente Feola em 1964)
Copa de 1966: Vicente Feola (Substituído por Aymoré Moreira* em 1967)
Copa de 1970: Zagallo
Copa de 1974: Zagallo (Substituído por Osvaldo Brandão em 1975)
Copa de 1978: Cláudio Coutinho (Substituído por Telê Santana em 1980)
Copa de 1982: Telê Santana (Substituído por Carlos Alberto Parreira em 1982)
Copa de 1986: Telê Santana (Substituído por Carlos Alberto Silva em 1987)
Copa de 1990: Sebastião Lazaroni (Substituído por Paulo Roberto Falcão em 1990)
Copa de 1994: Carlos Alberto Parreira (Substituído por Zagallo em 1994)
Copa de 1998: Zagallo (Substituído por Vanderlei Luxemburgo em 1998)
Copa de 2002: Luiz Felipe Scolari (Substituído por Carlos Alberto Parreira em 2002)
Copa de 2006: Carlos Alberto Parreira (Substituído por Dunga em 2006)
Copa de 2010: Dunga (Substituído por Mano Menezes em 2010)
Copa de 2014: Luiz Felipe Scolari (Substituído por Dunga em 2014)
Copa de 2018: Tite

 

*Técnicos provisórios

 

Curta Gol de Canela no Facebook



MaisRecentes

Operários de patrocinadora da Juve farão greve por causa de Cristiano Ronaldo



Continue Lendo

Alisson está entre os goleiros com menos defesas na Copa



Continue Lendo

A Fifa paga aos clubes que cedem jogadores à Copa do Mundo?



Continue Lendo