Em disputa por pênaltis, quem são os maiores paredões na história da Libertadores?



24taif2e3kotlp23d15sdmbvl

 

Com o brilho do paraguaio Gatito Fernandes ontem, 22, que saiu do banco de reservas do Botafogo no segundo tempo para defender três cobranças do Olimpia na disputa por pênaltis, o blog Gol de Canela F.C. resolveu levantar quais são os goleiros que mais fecharam o gol nesta situação em toda história da Copa Libertadores.

 

Até hoje, o ex-goleiro Marcos assegura o recorde, com 11 defesas. Atrás do brasileiro, aparece o uruguaio Ever Hugo Almeida somando 9. Confira o top 5:

 

1 – Marcos (11 defesas)
Nacionalidade: Brasileiro
Disputas de pênaltis: 9 vezes

 

2 – Ever Hugo Almeida (9 defesas)
Nacionalidade: Uruguaio
Disputas de pênaltis: 4 vezes

 

3 – René Higuita (8 defesas)
Nacionalidade: Colombiano
Disputas de pênaltis: 3 vezes

 

4 – José Cevallos e Rogério Ceni (7 defesas cada)

José Cevallos
Nacionalidade: Equatoriano
Disputas de pênaltis: 3 vezes

Rogério Ceni
Nacionalidade: Brasileiro
Disputas de pênaltis: 4 vezes

 

5 – Fernando Álvez, Óscar Córdoba e Abbondanzieri (5 defesas cada)

Fernando Álvez
Nacionalidade: Uruguaio
Disputas de pênaltis: 2 vezes

Óscar Córdoba
Nacionalidade: Colombiano
Disputas de pênaltis: 3 vezes

Abbondanzieri
Nacionalidade: Argentino
Disputas de pênaltis: 3 vezes



MaisRecentes

Há exatos 57 anos, o futebol brasileiro estreava na Libertadores



Continue Lendo

O curioso caso do “campeão brasileiro” de 1937



Continue Lendo

O primeiro gol de goleiro da história completa 117 anos



Continue Lendo