Dois brasileiros estão entre os maiores artilheiros da Libertadores em atividade



Leandro Damião, hoje jogador do Flamengo, é um dos artilheiros. Foto: Aílton de Freitas/ Agência O Globo

Leandro Damião, hoje jogador do Flamengo, é um dos artilheiros. Foto: Aílton de Freitas/ Agência O Globo

 

Com base no levantamento do histórico de gols da Copa Libertadores da América, os atacantes Leandro Damião, do Flamengo, e Robinho, do Atlético-MG, são os únicos brasileiros entre maiores artilheiros da competição ainda em atividade, com 15 gols cada.

 

O ranking, que coloca os brasileiros empatados com os argentinos Ernesto Farías e Rodrigo Palácio na sexta posição, traz o veterano uruguaio Hernán Rodrigo López como maior artilheiro, somando 23 gols em 12 participações. Ele está inscrito na Libertadores de 2017 pelo Guaraní-PAR e pode ampliar o recorde. O paraguaio Santiago Salcedo, do Libertad-PAR, é o segundo maior entre os artilheiros na ativa e também disputa a atual edição do torneio sul-americano.

 

Vale lembrar que, no histórico geral, ambos aparecem muito longe do equatoriano Alberto Spencer, que assegura a mais de quarenta anos o recorde de maior artilheiro da Libertadores, com 54 gols. Já entre os brasileiros, Damião e Robinho precisam se esforçar muito para alcançar a marca de 29 gols do ex-atacante Luizão, sexto maior artilheiro em todos os tempos da competição e recordista entre os brazucas. Confira:

 

Maiores artilheiros da Libertadores em atividade:
1º – Hernán Rodrigo López (URU) – 23 gols
2º – Santiago Salcedo (PAR) – 20 gols
3º – Esteban Paredes (CHI) – 19 gols
4º – Lucas Pratto (ARG) e Carlos Tevez (ARG) – 18 gols cada
6º – Leandro Damião (BRA), Robinho (BRA), Ernesto Farías (ARG) e Rodrigo Palácio (ARG) – 15 gols cada

Maiores artilheiros da história da Libertadores
1º Alberto Spencer (EQU) – 54 gols
2º Fernando Morena (URU) – 37 gols
3º Pedro Rocha (URU) – 36 gols
4º Daniel Ónega (ARG) – 31 gols
5º Júlio Morales (URU) – 30 gols
16º – Hernán Rodrigo López (URU) – 23 gols
28º – Santiago Salcedo (PAR) – 20 gols
31º Esteban Paredes (CHI) – 19 gols
38º Lucas Pratto (ARG) e Carlos Tevez (ARG) – 18 gols cada
64º – Leandro Damião (BRA), Robinho (BRA), Ernesto Farías (ARG) e Rodrigo Palácio (ARG) – 15 gols cada



MaisRecentes

Robinho iguala recorde de Pelé na Libertadores



Continue Lendo

Palmeiras ultrapassa rival e é o clube brasileiro com mais gols na história da Libertadores



Continue Lendo

Fàbregas se torna o segundo maior garçom na história da Premier League



Continue Lendo