Blogs Lance!

Gol de Canela FC

De Falcão a Leleu – Relembre os ‘campeões esquecidos’ da Libertadores



Ganhar uma Libertadores nem sempre significa para o jogador um status de “inesquecível” entre os torcedores. Por isso, separamos alguns nomes que poucos lembramos que estiveram nas conquistas recentes de clubes brasileiros neste século. Confira:

 

Flávio Kretzer (São Paulo, 2005)


Flávio era o terceiro goleiro do São Paulo na Libertadores. Foi campeão do torneio sem precisar entrar em campo.

 

Flávio Donizete (São Paulo, 2005)


Revelado pelo próprio São Paulo, tinha apenas 21 anos quando foi campeão. Não entrou em campo.

 

Daniel Rossi (São Paulo, 2005)


Daniel Rossi foi outro jogador revelado pelo próprio São Paulo que acabou integrado ao elenco campeão da Libertadores daquele ano.

 

Falcão (São Paulo, 2005)


Considerado um dos melhores jogadores de futsal de todos os tempos, Falcão foi inscrito na primeira fase da campanha do tri da Libertadores pelo São Paulo. Jogou três partidas.

 

Roger (São Paulo, 2005)


Hoje camisa 9 do rival Corinthians, o centroavante Roger foi inscrito no torneio nas quartas de final no lugar de Falcão. Ele tinha apenas 20 anos.

 

Marcelo Boeck (Inter, 2006)


Atualmente no Fortaleza, o goleiro Marcelo Boeck era o reserva de Clemer no título de 2006. Ele tinha apenas 22 anos.

 

Ediglê (Inter, 2006)


Atualmente no São Raimundo-AM, clube a qual retornou após 12 anos, o zagueiro Ediglê participou de três jogos da campanha do título colorado.

 

Léo Aro (Inter, 2006)


Campeão da Copa do Brasil em 2005 com o Paulista, o atacante Leo foi inscrito na LIbertadores, mas não entrou em campo em nenhuma partida.

 

Rychely (Santos, 2011)


O atacante Rychely esteve no elenco campeão da Libertadores pelo Santos, em 2011. Ele foi inscrito na segunda fase no lugar de Diogo.

 

Charles (Santos, 2011)


Emprestado pelo Lokomotiv de Moscou, o volante Charles era um dos inscritos do Santos na competição. Não entrou em campo

 

Rodrigo Possebon (Santos, 2011)


Vindo do Manchester United, Rodrigo Possebon integrou o elenco campeão da Libertadores naquele ano. Fez cinco jogos

 

Weldinho (Corinthians, 2012)


Jogou pouco. Entrou no segundo tempo dos jogos contra Nacional, no Paraguai, e Deportivo Táchira, no Pacaembu.

 

Gilsinho (Corinthians, 2012)


Durante sua passagens de 6 meses pelo Corinthians, foi inscrito na primeira fase da Copa Libertadores de 2012. Não entrou em campo na competição.

 

Adriano (Corinthians, 2012)


Com a camisa 10, Adriano foi inscrito na primeira fase da Copa Libertadores de 2012. Não entrou em campo na competição.

 

Leleu (Atlético Mineiro, 2013)


Leleu não chegou a entrar em campo, mas foi inscrito e fez parte do elenco campeão da Libertadores 2013 pelo Atlético.

 

Paulo Henrique (Atlético Mineiro, 2013)


Assim como Leleu, foi campeão pelo galo sem precisar entrar em campo.

 

Curta nossa página: Gol de Canela

Acompanhe também nossos parceiros: Crônicas do Morumbi  e Papo com Boleiro



MaisRecentes

Veja como ficou o ranking dos maiores vices do futebol brasileiro



Continue Lendo

Aos 22 anos, ex-joia do Flu e do Barça tenta a sorte no futebol de Hong Kong



Continue Lendo

É verdade que Neymar já teve uma passagem pelo Real Madrid?



Continue Lendo

Autor

Jonathan Silva

Jonathan Silva é jornalista. Começou sua carreira nos jornais paulistas Folha Metropolitana e Metrô News, em 2013. No mesmo ano, criou o blog Gol de Canela F.C., com o objetivo de buscar grandes histórias e curiosidades relacionadas ao futebol. No Lance! desde 2016, considera-se hoje um eterno operário das palavras.

goldecanelafc@gmail.com