Cruzeiro é a equipe que mais sofre com a “Lei do ex” no Brasileirão 2017



Lucca comemorando o gol contra o Cruzeiro. Foto: Marcos Bezerra/Futura Press

Lucca comemorando o gol contra o Cruzeiro. Foto: Marcos Bezerra/Futura Press

 

Com o gol na vitória da Ponte Preta ontem, 22, o atacante Lucca colocou o Cruzeiro isolado na liderança da ingrata lista da “Lei do Ex”, que separa os times que mais levaram gols na competição de atletas que defenderam suas cores. Agora são quatro ex-jogadores da raposa que balançaram a rede quando enfrentaram o time mineiro na edição deste ano da Série A. Antes do atacante da Ponte, Diego Souza (Sport), Douglas Grolli e Wellington Paulista (Chapecoense) também fizeram tal feito.

 
Depois do Cruzeiro, Santos e Flamengo são os que mais tomaram gols de ex-jogadores, com dois gols cada. Já Avaí, Corinthians, Botafogo, Grêmio e Sport Recife são os únicos que ainda não entraram para a lista. Confira:

 

 

As maiores vítimas da “Lei do Ex” no Brasileirão 2017:

 

Cruzeiro – 4 gols
(Diego Souza, Douglas Grolli e Wellington Paulista)

Flamengo – 2 gols
(Elias e Thomás)

Santos – 2 gols
(Henrique Dourado duas vezes)

Atlético Goianiense – 1 gol
(Sidcley)

Atlético Mineiro – 1 gol
(Diego Souza)

Atlético Paranaense – 1 gol
(Edigar Junio)

Bahia  – 1 gol
(Bruno Silva)

Botafogo  – 1 gol
(Henrique Almeida)

Chapecoense – 1 gol
(Roger)

Fluminense – 1 gol
(Kieza)

Palmeiras – 1 gol
(Henrique Dourado)

Ponte Preta – 1 gol
(Bruno Silva)

São Paulo – 1 gol
(Jadson)

Vasco – 1 gol
(André)

Vitória  – 1 gol
(Rildo)



MaisRecentes

Inter é o clube que mais revelou brasileiros para a Liga dos Campeões 2017/18



Continue Lendo

Charles Miller era corintiano? Nós checamos



Continue Lendo

Desde 2003, nunca um campeão brasileiro perdeu três rodadas seguidas



Continue Lendo