Brasileirão – Gilson Kleina iguala recorde de participações em rebaixamentos



Foto: Felipe Oliveira

 

Com o rebaixamento da Ponte Preta no último domingo, 26, o técnico Gilson Kleina se igualou a Hélio dos Anjos como técnico que mais participou de rebaixamentos na Série A do Brasileirão desde 2003. Ambos agora dividem o topo da lista com 6 descensos cada um.

 

Comandante da Macaca nas primeiras 24 rodadas, Kleina, hoje na Chapecoense, já tinha no currículo passagens nos rebaixamentos do Paysandu (2005), Paraná (2007), Palmeiras (2012), Bahia (2014) e Avaí (2015).

 

Vale lembrar que a lista, exclusiva do blog Gol de Canela FC, leva em consideração os nomes de todos os técnicos que participaram de ao menos um jogo das campanhas dos clubes rebaixados.

 

 

Os técnicos que mais participaram de rebaixamentos no Brasileirão (Na era dos pontos corridos):

 

6 REBAIXAMENTOS
Hélio dos Anjos
Goiás 2015 – (8 jogos)
Atlético-GO 2012 – (6 jogos)
Figueirense 2012 – (7 jogos)
Fortaleza 2006 – (13 jogos)
São Caetano 2006 – (6 jogos)
Vitória 2004 – (8 jogos)

 

Gilson Kleina
Ponte Preta 2017 (24 jogos)
Avaí 2015 (35 jogos)
Bahia 2014 (19 jogos)
Palmeiras 2012 – (13 jogos)
Paraná 2007 – (9 jogos)
Paysandu 2005 – (16 jogos)

 

 

5 REBAIXAMENTOS
Adilson Batista
Joinville 2015 – (10 jogos)
Vasco 2013 – (7 jogos)
Atlético-GO 2012 – (2 jogos)
Atlético-PR 2011 – (6 jogos)
Grêmio 2004 – (8 jogos)

Antônio Lopes
América-MG 2011 (4 jogos)
Atlético-PR 2011 (18 jogos)
Vitória 2010 (10 jogos)
Vasco 2008 (18 jogos)
Coritiba 2005 (2 jogos)

Lori Sandri
América-RN 2007 – (8 jogos)
Paraná 2007 – (9 jogos)
Atlético-MG 2005 – (7 jogos)
Criciúma 2004 – (18 jogos)
Guarani 2004 – (8 jogos)

Toninho Cecílio
Criciúma 2014 – (4 jogos)
Avaí 2011 – (16 jogos)
Prudente 2010 – (13 jogos)
Vitória 2010 – (7 jogos)
Fortaleza 2006 – (1 jogo)

 

 

4 REBAIXAMENTOS
Márcio Bittencourt
Náutico 2009 – (5 jogos)
Ipatinga 2008 – (10 jogos)
Fortaleza 2006 – (9 jogos)
Brasiliense 2005 (9 jogos)

Vagner Mancini
Botafogo 2014 – (38 jogos)
Sport 2012 – (15 jogos)
Ceará 2011 – (23 jogos)
Guarani 2010 – (38 jogos)

 

 

3 REBAIXAMENTOS
Alexandre Gallo
Avaí 2011 – (13 jogos)
Santo André 2009 – (8 jogos)
Figueirense 2008 – (2 jogos)

Argel Fucks
Figueirense 2016 – (7 jogos)
Internacional 2016 – (14 jogos)
Figueirense 2012 – (10 jogos)

Artur Neto
Artur Neto 2015 – (4 jogos)
Atlético-GO 2012 – (10 jogos)
Goiás 2010 – (4 jogos)

Emerson Leão
Goiás 2010 – (16 jogos)
Sport 2009 – (10 jogos)
São Caetano 2006 – (7 jogos)

Nelsinho Baptista
Sport 2009 – (4 jogos)
Corinthians 2007 – (11 jogos)
São Caetano 2006 – (9 jogos)

PC Gusmão
Joinville 2015 – (23 jogos)
Figueirense 2008 – (18 jogos)
São Caetano 2006 – (4 jogos)

Valdir Espinosa
Portuguesa 2008 – (9 jogos)
Santa Cruz 2006 – (7 jogos)
Brasiliense 2005 – (8 jogos)

Doriva
Vasco 2015 – (8 jogos)
Santa Cruz 2016 – (13 jogos)
Atlético-GO 2017 (10 jogos)

 

 

2 REBAIXAMENTOS
Agnaldo Liz
Guarani 2004 – (7 jogos)
Vitória 2004 – (11 jogos)

Carpegiani
Ponte Preta 2013 – (11 jogos)
Corinthians 2007 – (24 jogos)

Cláudio Duarte
Juventude 2007 – (5 jogos)
Grêmio 2004 – (8 jogos)

Celso Roth
Vasco 2015 – (11 jogos)
Internacional 2016 – (16 jogos)

Cuca
Coritiba 2005 – (28 jogos)
Grêmio 2004 – (9 jogos)

Dorival Júnior
Vasco 2013 – (25 jogos)
São Caetano 2006 (9 jogos)

Enderson Moreira
Ipatinga 2008 – (7 jogos)
América-MG 2016 – (23 jogos)
Estevam Soares
Ceará 2011 – (8 jogos)
Portuguesa 2008 – (16 jogos)

Evaristo de Macedo
Vitória 2004 – (13 jogos)
Bahia 2003 – (19 jogos)

Giba
Ipatinga 2008 – (6 jogos)
Santa Cruz 2006 – (4 jogos)

Givanildo Oliveira
América-MG 2011 – (24 jogos)
América-MG 2016 – (5 jogos)

Guto Ferreira
Ponte Preta 2013 – (4 jogos)
Portuguesa 2013 – (29 jogos)

Joel Santana
Brasiliense 2005 – (25 jogos)
Guarani 2004 – (5 jogos)

Jorginho Amorim
Vasco 2015 – (19 jogos)
Ponte Preta 2013 – (22 jogos)
Goiás 2010 – (17 jogos)

Jorginho Silva
Vitória 2014 – (10 jogos)
Náutico 2013 – (5 jogos)

Levi Gomes
Náutico 2013 – (7 jogos)
Sport 2009 – (7 jogos)

Márcio Araújo
Coritiba 2005 – (7 jogos)
Fortaleza 2003 – (20 jogos)

Marco Aurélio
Ponte Preta 2006 – (21 jogos)
Atlético-MG 2005 – (18 jogos)

Marquinhos Santos
Bahia 2014 – (12 jogos)
Figueirense 2016 – (12 jogos)

Ney Franco
Vitória 2014 – (25 jogos)
Coritiba 2009 – (19 jogos)

Pintado
Figueirense 2008 – (3 jogos)
Paraná 2007 – (10 jogos)

Renato Gaúcho
Atlético-PR 2011 – (12 jogos)
Vasco 2008 – (13 jogos)

Sérgio Guedes
Sport 2012 – (10 jogos)
Santo André 2009 – (14 jogos)

Silas
Náutico 2013 – (3 jogos)
Avaí 2011 – (3 jogos)

Vagner Benazzi
Portuguesa 2008 – (13 jogos)
Criciúma 2004 – (28 jogos)

Waldemar Lemos
Sport 2012 – (10 jogos)
Náutico 2009 – (5 jogos)

Zetti
Paraná 2007 – (2 jogos)
Guarani 2004 – (12 jogos)

 

 

 

1 REBAIXAMENTO
Abel Ribeiro (3 jogos) – Figueirense 2012
Adriano Teixeira (6 jogos) – Santa Cruz 2016
Antônio Carlos Zago (6 jogos) – Grêmio Prudente 2010
Antonio Lopes Júnior (3 jogos) – Coritiba 2005
Beto Almeida (19 jogos) – Juventude 2007
Bobô (5 jogos) – Bahia 2003
Caio Júnior (2 jogos) – Criciúma 2014
Carlos Alberto Torres (12 jogos) – Paysandu 2005
Carlos Amadeu (2 jogos) – Vitória 2014
Charles Fabian (7 jogos) – Bahia 2014
Cláudio Marques (2 jogos) – Coritiba 2005
Cláudio Prates (1 jogo) – América-MG 2016
Daniel Frasson (2 jogos) – Fortaleza 2006
Danny Sergio (7 jogos) – Goiás 2015
Dimas Filgueiras (7 jogos) – Ceará 2011
Dino Camargo (3 jogos) – São Caetano 2006
Eder Bastos (1 jogo) – Vitória 2014
Edinho (7 jogos) – Bahia 2003
Edson Borges (1 jogo) – Coritiba 2009
Edson Neguinho (6 jogos) – Avaí 2011
Edson Pimenta (9 jogos) – Portuguesa 2013
Ernesto Guedes (2 jogos) – Santa Cruz 2006
Fábio Giuntini (11 jogos) – Prudente 2010
Felipão (24 jogos) – Palmeiras 2012
Ferdinando Teixeira (12 jogos) – Fortaleza 2003
Fernando Gil (4 jogos) – Figueirense 2012
Fito Neves (14 jogos) – Santa Cruz 2006
Flávio Campos (12 jogos) – Juventude 2007
Geninho (28 jogos) – Náutico 2009
Guilherme Macuglia (5 jogos) – Figueirense 2008
Gustavo Bueno (3 jogos) – Sport 2012
Hermerson Maia (5 jogos) – Joinville 2015
Ivo Wortmann (1 jogo) – Juventude 2007
Jair Picerni (11 jogos) – Guarani 2004
Jairo Araújo (20 jogos) – Atlético-GO 2012
José Luiz Plein (21 jogos) – Grêmio 2004
Julinho Camargo (13 jogos) – Goiás 2015
Leandro Niehues (2 jogos) – Atlético-PR 2011
Lino Fachini Júnior (1 jogo) – Guarani 2004
Lisca (3 jogos) – Internacional 2016
Luizinho Vieira (3 jogos) – Criciúma 2014
Lula Pereira (13 jogos) – Bahia 2003
Luiz Carlos Cruz (14 jogos) – Fortaleza 2003
Marcelo Chamusca (2 jogos) – Bahia 2003
Marcelo Martellote (16 jogos) – Náutico 2013
Marcelo Rospide (5 jogos) – Prudente 2010
Marcelo Veiga (14 jogos) – América-RN 2007
Márcio Barros (3 jogos) – Prudente 2010
Márcio Goiano (14 jogos) – Figueirense 2012
Mário Sérgio (10 jogos) – Figueirense 2008
Maurício Simões (11 jogos) – Santa Cruz 2006
Mauro Fernandes (9 jogos) – América-MG 2011
Milagres (1 jogo) – América-MG 2011
Milton Mendes (19 jogos) – Santa Cruz 2016
Narciso (1 jogo) – Palmeiras 2012
Oswaldo de Oliveira (14 jogos) – Vitória 2004
Paulo Autuori (6 jogos) – Vasco 2013
Paulo Campos (12 jogos) – Paysandu 2005
Paulo Moroni (16 jogos) – América-RN 2007
Paulo Roberto Falcão (5 jogos) – Internacional 2016
Péricles Chamusca (17 jogos) – Sport 2009
Raul Cabral (3 jogos) – Avaí 2015
Renato Morungaba (1 jogo) – Guarani 2004
Renê Simões (18 jogos) – Coritiba 2009
Ricardo Drubscky (15 jogos) – Ipatinga 2008
Ricardo Silva (21 jogos) – Vitória 2010
Roberval Davino (13 jogos) – Fortaleza 2006
Sandro Gaúcho (1 jogo) – Santo André 2009
Saulo de Freitas (8 jogos) – Paraná 2007
Sérgio Soares (15 jogos) – Santo André 2009
Sérgio Vieira (9 jogos) – América-MG
Sinomar Neves (2 jogos) – Paysandu 2005
Tita (7 jogos) – Vasco 2008
Tite (17 jogos) – Atlético-MG 2005
Tuca Guimarães (5 jogos) – Figueirense 2016
Vadão (8 jogos) – Ponte Preta 2006
Valteir Gomes Franco (1 jogo) – Juventude 2007
Vinícius Eutrópio (14 jogos) – Figueirense 2016
Wagner Lopes (15 jogos) – Criciúma 2014
Wanderley Paiva (9 jogos) – Ponte Preta 2006
Wilson Vaterkemper (1 jogo) – Criciúma 2014
Wladimir Araújo (1 jogo) – Goiás 2010
Zé Augusto (3 jogos) – Corinthians 2007
Zé Sérgio (1 jogo) – Ponte Preta 2013
Zé Teodoro (7 jogos) – Náutico 2013
Marcelo Cabo (4 jogos) – Atlético-GO 2017
João Paulo Sanches (23 jogos) – Atlético-GO 2017
Eduardo Baptista (13 jogos) – Ponte Preta 2017



MaisRecentes

Quem são os maiores carrascos dos gigantes paulistas no século XXI?



Continue Lendo

1957 – A passagem esquecida de Pelé com a camisa do Vasco



Continue Lendo

Relembre os craques que já foram recusados no futebol brasileiro



Continue Lendo