Ei, torcedor, o Vasco precisa de você!



“O Vasco perdeu os dois últimos jogos, não vou à São Januário!”. Se esse é o seu pensamento, me desculpe dizer, mas você está torcendo para o clube errado. Ser vascaíno tem disso e, acredite, sempre teve. Ele e todos os outros times.

“Mas jogou mal o ano inteiro!”, você pensa. Tá aí mais um motivo para ir. Se já está complicado com você – nós -, imagine sem ninguém para apoiar? Torcer é igual casamento: ‘Na alegria e na tristeza, na saúde e na doença’. Se não pensa desse jeito, lamento informar, mas você é apenas um simpatizante, não um torcedor.

Esquece tudo o que aconteceu até agora – eu sei que é difícil – e vá de coração aberto para São Januário neste sábado. Apoie! É o jogo que vai definir o que teremos daqui pra frente. Será uma luta pelo título, ainda que tardia, ou uma melancólica caminhada até um inexpressivo acesso?

Tudo isso vai depender não só do que acontecerá em campo, mas também do que será emanado das arquibancadas.

Chega de racha! É hora de sermos mais vascaínos e menos apoiadores deste ou daquele candidato à presidência do clube.

Vamos fazer a diferença!

Te vejo na Colina!



  • Ricardo Wagner

    Garone, concordo em tudo com você. Sou vascaíno há mais de 60 anos. Mas é preciso o clube fazer muito mais do não faz agora. Sem uma diretoria competente, séria, será difícil voltarmos a ser um clube e um time grandes. As perspectivas para o futuro me parecem pálidas – para dizer o menos. Nesse século, principalmente desde o momento em que o Eurico foi o ditador em São Januário, o Vasco vem apenas patinando e foi coroado com 2 rebaixamentos. O segundo, graças à incompetência do Dinamite – que começou bem e depois desandou… – o primeiro, porque o Eurico, ao saber que ia perder a eleição, desde o início do ano, montou um dos piores times que o clube jamais teve – senão o pior. Portanto, acho que as próximas diretorias terão um trabalho duro pela proa. Vai ser difícil, porque o clube não tem recursos para formar um time apenas regular – vai continuar comprando rebotalhos, que foram encostados por outros clubes e o baile vai continuar ainda por um bom tempo. Será difícil voltarmos a ter um baile grandioso como nos velhos tempos.

MaisRecentes

Filantropia vascaína



Continue Lendo

Vasco rescinde com dois jogadores dos juniores



Continue Lendo

Quadrilha vascaína



Continue Lendo