Vasco tem retrospecto de grandes vitórias sobre o Sport em Pernambuco



Juninho marcou contra seu ex-clube em 2012 (Foto: Divulgação/Vasco)

Juninho marcou contra seu ex-clube em 2012 (Foto: Divulgação/Vasco)

Atuar fora de casa nunca é fácil. Contra um adversário que vive um bom momento e está invicto no campeonato, menos ainda. Mas enfrentar o Sport, como visitante, precisando da vitória, não é novidade para o Vasco.

Nos últimos dez confrontos entre os clubes em Pernambuco, o Cruz-Maltino venceu três, empatou cinco e foi derrotado apenas duas vezes. E alguns destes triunfos vieram após uma sequência ruim de resultados.

Em 1993, assim como em 2015, o clube foi campeão estadual mas não teve vida fácil no Brasileirão. Após perder para Guarani e Palmeiras, o time de São Januário foi até a Ilha do Retiro encarar o Leão e saiu de lá com uma vitória por goleada: 5 a 2.

Na época, a competição foi disputada por 32 times, divididos em quatro grupos. Com má campanha, os cariocas acabaram deixando o campeonato ainda na 1ª fase. Apesar do placar elástico, o clube terminou o Brasileiro na 20ª colocação.

Em 1997, mais uma virada vascaína. Após empatar com o América de Natal, sem gols, e ser derrotado pelo Santos – 3 a 1 -, a equipe comandada por Antônio Lopes viajou até Pernambuco para enfrentar o Sport. Sob a batuta de Edmundo, que marcou duas vezes, o Cruz-Maltino venceu por 3 a 2 em jogo de quatro pênaltis – dois para cada lado. O gol da vitória veio dos pés do jovem lateral-esquerdo Felipe, que balançaria as redes pela primeira vez como jogador profissional.

No último encontro entre as equipes em Recife, em 2012, o Vasco mais uma vez saiu com os três pontos. No reencontro de Juninho Pernambucano com o clube que o revelou, o Reizinho abriu o placar de falta e viu o equatoriano Carlos Tenório fechar o marcador. Na época, o time vinha de dois empates em 0 a 0 e precisava vencer para seguir na briga entre os líderes. E conseguiu.

Além das importantes vitórias alcançadas na história mais recente do confronto, uma bem antiga, também obtida em terras pernambucanas, marca o encontro. A maior goleada do duelo saiu em um amistoso disputado em 1946. O 9 a 2 cruz-maltino foi construído com seis gols de Lelé, um de Isaías, outro de Djalma e com Santo Cristo fechando a contagem. Siduca e Zé Pequeno descontaram para o Leão.

FICHA DO JOGO

VASCO 9 x 2 SPORT
Data: 08/05/1946
Estádio: Ilha do Retiro
Árbitro: Oscar Pereira Gomes
Gols: Lelé (6), Santo Cristo, Jair e Djalma; Siduca e Zé Pequeno

VASCO: Rodrigues, Augusto e Rafagnelli, Alfredo II, Berascochea e Sampaio, Djalma, Lelé, Isaías, Santo Cristo e Jair.

SPORT: Manuelzinho, Chicão e Zago, J. Vita, Telesca e Alheiros (Arnaldo), Tinoco, Zildo (Amauri), Siduca, Bolivar (Bibi) e Zé Pequeno.

Quase 70 anos depois, o torcedor vascaíno sonha comemorar uma goleada de ‘meio a zero’ contra o Sport. Seria o primeiro passo para começar a sair da zona de rebaixamento.



  • Renato Duarte

    Muito Legal relembrar a história porque, de fato, ela nunca se apaga. Só que o time do Vasco deste ano é muito fraco. Vitórias vão acontecer? Vão! Mas a realidade é a luta contra o rebaixamento até o fim. Gosto do Vasco, no Rio é o time que prefiro que ganhe. Vi esse filme ano passado com o meu Palmeiras. O pior time do Palmeiras que vi em mais de 30 anos de arquibancada. Foi rebaixado moralmente mas graças a deus não caiu de fato. Estava sem grana, sem patrocínio forte e sem estádio, além do programa sócio torcedor Avanti ainda em evolução. Este tem que ser o caminho do Vasco: se segurar este ano, responsabilidade com as finanças e dar total prioridade e atenção ao torcedor tornando o programa de sócios torcedores atraente. Esse é o caminho!

  • gerson

    so que hoje sao outros tempos o Sport vem bem melhor e no passado era ao contrario.Tomara que hoje seje igual no passado o Vasco ganhando.

  • EL DEFUMADOR DE URUBU-87!

    PALMAS PARA O VASCO DO PASSADO. PALMAS, MAIS AINDA, PARA O MEGASPORT ESPETACULAR DE HOJE, QUANDO DEFUMOU O GIGANTE (?) CARIOCA. E CACETEOU O MEGADIEGUITO SHOWZA, em pleno Maraca – para ESPANTO e HUMILHAÇÃO DA TORCIDA URUBUZADA: *87 É NOSSO! E a MAIOR TORCIDA DO NORTE E NORDESTE BRASILEIROS, espalhada por todo o Planeta: *E A DE 2015 TAMBÉM O SERÁ! PELO REI DO NORDESTE TUDO!!!

MaisRecentes

Comendo pelas beiradas



Continue Lendo

Em boa fase, Pikachu já entra na lista dos dez maiores artilheiros do Vasco na história da Libertadores



Continue Lendo

Vasco rescinde com mais um jogador do Expressinho



Continue Lendo