Vasco reavalia situação de veteranos e ‘barca’ poderá ser maior



Vasco estuda a situação de "medalhões" (Foto: Paulo Sergio/Lancepress)

Vasco estuda a situação de “medalhões” (Foto: Paulo Sergio/Lancepress)

A reformulação no futebol do Vasco pode ser maior do que o anunciado até agora.

Além dos 14 jogadores em fim de contrato – apenas Marcelo Mattos e Bruno Gallo deverão renovar -, a diretoria estuda negociar também alguns atletas que têm vínculo para o ano que vem. Principalmente os mais experientes, que possuem também os maiores salários.

Segundo o blog apurou, a situação de jogadores como Diguinho, Júlio César, Jorge Henrique e até Rodrigo, capitão do time em 2016, vem sendo discutida internamente e há a chance de saídas. A ideia é abrir espaço para uma reformulação no elenco e rejuvenescimento do grupo. Nem mesmo uma negociação de Nenê está descartada.

Apesar do excelente início de temporada, o meia terminou o ano em baixa e desgastado dentro do clube. Sua saída abriria espaço para a chegada de um novo nome de peso para o meio-campo, porém, por ter contrato, o negócio não é tão simples. O Vasco não quer se desfazer de seu camisa 10 sem que tenha garantias que irá repor no mesmo nível.

O destino mais provável seria o futebol paulista, onde Nenê iniciou sua carreira.



MaisRecentes

Ríos assume a liderança do Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

Um Vasco mais consciente



Continue Lendo

A fragilidade defensiva do Vasco



Continue Lendo